Benefícios

Como ver o resultado da perícia do auxílio-doença pelo meu INSS

auxílio-doença meu inss

Se você deu entrada no processo de solicitação do auxílio-doença pelo Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, esse artigo irá lhe explicar como saber se o seu benefício foi aprovado ou não.

A consulta do Auxílio-Doença, assim como o acompanhamento da solicitação do benefício, pode ser realizado online. Através do site ou aplicativo Meu INSS é possível analisar os passos e documentos necessários, e também você pode conferir a aprovação do seu benefício.

Sendo assim, pelo site ou aplicativo, disponível para celulares Android e iOS.

Consulta ao Auxílio-Doença pelo meu INSS

Para consultar a aprovação ou reprovação do auxílio-doença, basta acessar os canais de atendimento do Meu INSS. Ou seja, site (meu.inss.gov.br) ou aplicativo.

Dessa forma, siga os seguintes passos:

  • Se já possui cadastro na plataforma Meu INSS, clique em “Entrar”. Em seguida, insira o CPF ou outro dados utilizado para realização do cadastro
  • Caso não tenha acesso anterior à plataforma, crie o seu cadastro em “Inscrever no INSS” ou “Cadastrar senha”. Depois disso, insira dados como número do CPF e da Carteira de Trabalho.
  • Com o acesso plataforma, o trabalhador solicitante do auxílio-doença pode verificar informações de destaque. Sendo assim, para receber a resultado da análise do benefício, desça a página da web e clique na opção “Resultado do benefício por incapacidade”.
  • Depois disso, pode-se verificar o número, o tipo de benefício e a situação da solicitação.

Além disso, o trabalhador encontrará a seção “Decisão”. Nessa parte, há duas opções sobre a aprovação ou não da liberação do auxílio-doença.

Sendo assim, a notificação “Deferimento do pedido” significa que o benefício foi aceito. Já se aparecer “Indeferimento do pedido”, o resultado é a negação da concessão do auxílio trabalhista. Contudo, pode-se recorrer a decisão do INSS.

Por fim, o solicitante pode fazer o download em PDF da solicitação e resultado. Nesse documento deve conter nome completo, NIT, número de requerimento, endereço residencial e outras informações pessoais.

Como recorrer ao pedido do auxílio-doença negado?

Após a perícia médica e recusa do benefício, o beneficiário pode recorrer a decisão até 30 dias, após o resultado do exame pericial. Isso porque o cidadão tem direito a revisão da decisão do perito e pode recorrer ao Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS).

Sendo assim, existe algumas maneiras de fazer a contestação. A primeira ocorre no aplicativo ou portal Meu INSS. Já a segunda é o recurso extraordinário. Dessa forma, o solicitante deve acessar a página virtual e pedir recurso.

No caso de solicitação de recurso pelo aplicativo, o INSS tem até 30 dias para apresentar uma solução ao pedido. Depois disso, o trabalhador com direito ao auxílio-doença pode pedir o recurso extraordinário.

Ao realizar a contestação da decisão, o segurado pode enviar uma foto de uma carta relatando os motivos pelos quais ele considera ter ocorrido o erro em sua avaliação sobre o seu direito de receber o benefício.

Voltar ao Topo