Benefícios

Como vai funcionar o Renda Brasil ?

Quer saber como vai funcionar o Renda Brasil? A proposta está em amplo debate pelo governo, o que significa que a medida pode começar a valer a qualquer momento. Nesse guia vamos falar sobre tudo que já se sabe a respeito do novo projeto.

O que é o Renda Brasil

Para entender como vai funcionar o Renda Brasil, primeiro é preciso compreender o que é essa proposta e como ela surgiu. No país existem milhões de famílias de baixa renda, que dependem da ajuda do governo para suprir suas necessidades básicas.

No entanto, além das famílias de baixa renda, que não possuem uma forma de sustento ou trabalhos muito precários, existem também os trabalhadores informais. Assim, muitas pessoas não recebem nenhum apoio por parte do governo.

Pensando nisso, o Ministro da Economia Paulo Guedes propôs um projeto mais amplo. Dessa forma, seria possível incluir um número maior de pessoas, como trabalhadores informais, desempregados e pessoas de baixa renda.

O que é o Bolsa Família

Boa parte dos brasileiros de baixa renda recebe uma ajuda governamental, chamada Bolsa Família. De acordo com dados atuais, existem 23,2 milhões de pessoas cadastradas e recebendo o benefício mensalmente.
No entanto, esse número não compreende uma parcela significativa da população. Os trabalhadores informais e desempregados não recebem o valor, que atualmente é de R$200,00 (valor máximo por família).

A influência do Auxílio emergencial

Para ajudar a população de baixa renda do país, durante o período da pandemia do COVID 19, foi criado o auxílio emergencial. Assim, o governo passou a pagar um valor mensal para milhões de brasileiros. Nesse grupo, foram incluídos não apenas os beneficiários do Bolsa Família, mas também os trabalhadores informais. Até o momento, estima-se que mais de 66 milhões de pessoas tenham sido aprovadas.

Por outro lado, o auxílio emergencial é temporário. A sua existência está vinculada à pandemia, o que significa que ele chegará ao fim em alguns meses. Além das três parcelas iniciais, foram confirmadas mais duas. O valor do Auxílio Emergencial é muito maior do que o do Bolsa Família: R$600,00. Apesar de existirem discussões para que o valor seja pago até o finam do ano, nada foi confirmado até o momento.

Assim, é possível dizer que o Auxílio Emergencial influenciou na elaboração do Renda Brasil. A partir do pagamento do auxílio, o governo percebem que existem milhares de pessoas “invisíveis”, que não recebiam nenhuma ajuda financeira.

Como vai funcionar o Renda Brasil na prática

Agora vamos falar sobre como vai funcionar o Renda Brasil. O programa foi anunciado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. O seu principal objetivo é garantir uma renda básica para as pessoas de baixa renda.

Dessa forma, o Renda Brasil seria um substituto para o Bolsa Família, com muito mais beneficiários e valores ainda maiores. Afinal de contas, existem milhões de brasileiros que vivem na informalidade e não possuem recursos financeiros.

No entanto, vale a pena destacar que o programa ainda não foi oficializado pelos órgãos públicos. O que existe é um debate e uma proposta, que poderá ou não ser aprovada pelo governo.

Caso seja aprovado, o Renda Brasil vai funcionar como um benefício, sendo concedido mensalmente para as pessoas que preencherem os requisitos. Ainda não se sabe, porém, quais serão as exigências para a participação.

Quem terá direito ao Renda Brasil

Agora que abordamos sobre como vai funcionar o Renda Brasil de forma geral, vale a pena entrar em alguns detalhes sobre o programa. Ainda não existem informações concretas sobre os beneficiários, mas é possível ter uma ideia sobre o assunto.

De acordo com as declarações do ministro Paulo Guedes, o benefício será destinado para os que já participam do Bolsa Família, informais e até mesmo desempregados. Dessa forma, será um benefício universal. O Bolsa Família é pago atualmente apenas para as famílias que vivem em extrema pobreza. No entanto, o valor é muito baixo e nem sempre consegue suprir as necessidades básicas dessas pessoas.

Dessa forma, além de ser um benefício mais amplo, com mais pessoas cadastradas, o Renda Brasil poderá ter um valor maior. Falaremos mais sobre isso no tópico abaixo, com todos os detalhes.

Qual será o valor do benefício

Apesar de não existirem dados concretos sobre qual será o valor do Renda Brasil, muitos imaginam que será de R$600,00, mesmo valor do Auxílio Emergencial pago aos brasileiros. Dessa forma, seria um valor bem mais alto do que a média do Bolsa Família, que gira em torno de R$200,00 por família. Assim, o novo benefício seria muito mais vantajoso para as pessoas.

No entanto, existem especulações de que o valor pode ser menor, na casa dos R$300,00. Essa confirmação estará disponível quando o programa for oficialmente lançado.

Como se inscrever para o Renda Brasil

A inscrição para o Bolsa Família acontece de forma pessoal, junto aos órgãos assistenciais, geralmente dentro das prefeituras das cidades. Já a inscrição para o Auxílio Emergencial foi feita pela internet, com o uso de um aplicativo móvel.

Nesse sentido, é possível que o governo opte pelo cadastramento digital dos beneficiários. Com o avanço da tecnologia, o governo está cada vez mais escolhendo esse meio para realizar suas políticas públicas.

O que acontecerá com os outros benefícios

Se o Renda Brasil for oferecido para os atuais beneficiários do Bolsa Família, é natural que esse programa deixe de existir. Dessa forma, o novo programa seria o seu substituto, ainda maior e melhor.

Porém, o governo não entrou em detalhes sobre os demais programas de assistência que existem no país. Assim, ainda não se sabe como será a questão. Provavelmente, todos os programas serão unificados, para facilitar a gestão e controle. ( Por site O PETRÓLEO )

Voltar ao Topo