Benefícios

Vai haver a prorrogação do seguro-desemprego? Descubra

seguro-desemprego

A prorrogação do seguro-desemprego foi um dos assuntos mais discutidos por milhares de brasileiros que viram empresas se fechando e ciclos chegando ao fim.

Entretanto, o que muitas pessoas esquecem é que se trata de um direito do trabalhador, mas também um benefício temporário concedido sempre que você é demitido sem justa causa.

O mesmo benefício é válido quando acontece uma paralisação das atividades do trabalhador. Com isso em mente, vale a pena descobrir o que está sendo dito sobre isso até agora!

Prorrogação do seguro-desemprego – Porque isso deveria acontecer?

Para começar esse post, é preciso pensar no cenário atual do mundo. Dessa maneira, a prorrogação desses pagamentos veio como uma alternativa diante da pandemia do Covid-19.

Em termos simples, o início do ano e a pandemia fizeram com que milhares de empresas começassem a reduzir o quadro de funcionários.

Como resultado, empresas fechando e corte de pessoal aumentou o número de desempregados.

Entretanto, devido a toda a situação, conseguir um novo emprego tornou-se uma batalha quase impossível, dificultando o processo de famílias inteiras conseguir uma forma digna de sustento.

Assim, cresceu o número de brasileiros que recorreram ao seguro-desemprego como tentativa de driblar a miséria e continuar pagando as contas.

Ao mesmo tempo, durante o recebimento do seguro-desemprego, os brasileiros continuam procurando emprego, mas as oportunidades não parecem surgir no horizonte.

Portanto, surge a dúvida do que fazer diante de toda essa dificuldade acompanhada das contas, que não param de chegar.

Com isso mente, a prorrogação do seguro-desemprego deveria acontecer porque milhares de pessoas, como você, precisam de uma fonte de renda enquanto não encontram uma outra oportunidade de emprego.

A prorrogação do seguro-desemprego vai acontecer?

Diante de todas as questões apresentadas até aqui, pode ser que você veja o seguro-desemprego como uma real necessidade.

Entretanto, a grande realidade é que os cofres públicos ainda estão aprendendo a lidar com a economia atual do Brasil.

Mais importante que isso, no dia 4 de novembro do ano passado, ocorreu uma das principais votações para liberar parcelas extras do seguro.

Entretanto, o resultado não foi positivo como o esperado, resultando em doze votos contra e apenas seis a favor.

Ou seja, a proposta de prorrogação não foi aceita.

Entretanto, foi feita uma contraproposta, na tentativa de aumentar, ao menos, em duas parcelas extras o seguro-desemprego.

Neste cenário, tudo indica que os trabalhadores que foram dispensados entre os dias 20 de março e 31 de julho podem ter um a mais para receber nos próximos meses.

Essa prorrogação está marcada até dezembro ou mesmo para o início de 2021, com um total de duas parcelas extras.

De qualquer maneira, as noticiais estão em constante mudança neste ano, sendo necessário sempre ficar atento ao que o Supremo Tribunal bem como o Governo Federal divulga em páginas oficiais.

Prazo de requerimento

O prazo de requerimento para fazer a solicitação pode variar de acordo com quatro situações:

  • Trabalhador formal: o trabalhador formal tem do 7º ao 120º para solicitar o seguro, contando a partir da data de despensa;
  • Bolsa qualificação: a bolsa qualificação é dada durante a suspensão do contrato de trabalho;
  • Trabalhador resgatada: a data do requerimento pode ser solicitada até o 90º dia, contando do resgate;
  • Empregado doméstico: requerimento dos dias 7º ao 90º dia contanto a partir da despensa;
  • Pescador artesanal: requerimento em até 120 dias a partir do início da proibição da pesca.

Vale destacar ainda que devido ao cenário atual da pandemia, o prazo de 120 dias está suspenso, sendo uma medida voltada para todos os trabalhadores demitidos após março deste ano.

Além do mais, a mesma regra vale para empregados domésticos.

Prorrogação do seguro-desemprego – Solicite o seu

Para facilitar a vida do trabalhador no cenário atual, com diversas agências fechadas, tudo está sendo feito através da internet.

Assim, basta acessar o aplicativo Carteira Digital através do computador ou aplicativo.

O registro é bastante simples, sendo necessário criar uma senha e fornecer um e-mail para criar a sua conta.

Entre as informações que você deve ter em mãos estão:

  • Nome completo;
  • Data de nascimento;
  • Documentos de registro: RG e CPF;
  • E-mail.

Após fazer o seu cadastro, clique na opção “inscreva-se para obter seguro-desemprego”.

Por fim, você deverá fornecer uma chave de acesso para inscrição, sendo que toda a documentação na empresa já deve estar acertada.

Depois de tudo feito, basta acompanhar o processo através do aplicativo, para saber se a aprovação já foi feita e conferir o calendário de pagamento.

Inclusive, se quiser saber mais sobre o calendário bolsa família, clique aqui e confira!

Caso queira saber mais sobre a prorrogação do seguro-desemprego e outros assuntos relacionados a isso, vale a pena conhecer o número de telefone oficial:

  • 0800 726 0207

Por fim, você ainda tem alguma dúvida ou gostaria de saber sobre algum outro assunto?

Comenta aqui embaixo para que eu possa ajudar você e aproveite para compartilhar a sua experiência com nossos leitores.

Grande abraço e até o próximo post!

Voltar ao Topo