Dicas para Casa

O truque de mágica para reviver uma orquídea seca cujas flores desapareceram

A orquídea é uma planta tropical que aprecia calor e umidade. Portanto, precisa ser regado regularmente, especialmente durante sua fase de crescimento. Quando falta água, a orquídea seca, suas pétalas caem e suas raízes assumem uma cor cinza. Se você esqueceu de regar sua orquídea, a ponto de ficar seca, não entre em pânico! você sempre pode salvá-la. Descubra como reviver uma orquídea seca e desbotada.

A orquídea é uma planta com flores que pode muito bem ser cultivada internamente, desde que lhe forneça as condições necessárias para o seu desenvolvimento adequado. Mal conservada, sua planta pode secar e morrer. No entanto, você pode salvá-lo para fazê-lo florescer novamente.

Como reviver uma orquídea seca?

Aqui estão os passos a seguir para salvar sua orquídea desbotada:

  • Apare o caule

Quando a orquídea está desidratada, suas flores caem e seus caules secam. O caule da flor é um caule rígido no qual as flores se desenvolvem. Também pode transportar até 20 flores.

Os primeiros socorros que você pode dar à sua planta é remover suas flores desbotadas e deixá-la descansar. Para estimular a floração de uma orquídea seca, ela deve ser podada. Para fazer isso, conte 2 botões da base da sua planta e corte o caule seco a 1 cm do 3o botão.

  • Cuide das raízes

Se as raízes da sua orquídea forem brancas ou pretas, remova-as com uma tesoura de poda para não contaminar o resto das raízes. Lembre-se também de remover raízes mortas. Pressione as raízes com os dedos, se algumas estiverem macias, isso significa que estão mortas e, portanto, devem ser podadas. Você só mantém raízes aéreas que são sempre úteis.

  • Reenvasamento

Depois de livrar sua planta de raízes, caules e pétalas desidratados, você deve reenvasá-la para trocar o substrato. De fato, um novo substrato significa uma nova ingestão de nutrientes essenciais para ajudar sua planta a florescer novamente.

Para reenvasar sua orquídea, não use um substrato padrão. Sua orquídea precisa de um substrato rico em bolas de argila, musgo esfagno, fibras de coco e carvão vegetal e casca de pinheiro, entre outros. Lembre-se também de escolher um pote de plástico transparente para verificar constantemente a condição das raízes da orquídea. O reenvasamento pode ser feito a cada 2 ou 3 anos.

Então, sua orquídea terá que receber as condições necessárias para o seu desenvolvimento adequado.

  • Exposição

Coloque sua panela em um local brilhante, mas sem que sua planta seja exposta à luz solar direta que possa secar sua folhagem.

  • Temperatura

Mantenha sua panela em uma temperatura entre 18°C e 25°C. Além disso, mantenha seu pote longe de rascunhos. A orquídea certamente aprecia o calor, mas não gosta de umidade e, portanto, mantém sua planta longe de radiadores ou qualquer equipamento de aquecimento. De fato, o radiador seca o ar ambiente e, portanto, sua orquídea precisará de mais água neste caso.

Se as raízes da sua orquídea puderem secar e morrer devido à desidratação, também deve-se dizer que o excesso de água pode fazê-las apodrecer.

Para regar sua planta, remova o plantador e mergulhe a planta em uma bacia de água por 10 minutos. Em seguida, remova a panela da bacia, deixe-a drenar e coloque a tampa da panela de volta. Esta técnica permitirá que você hidrate as raízes, mas também a bola da raiz. Use água à temperatura ambiente para regar, pois a água quente ou muito fria pode danificar as raízes da orquídea. Você também pode usar um fertilizante líquido uma vez por mês em água, mas sem excesso. Durante períodos quentes, você pode pulverizar a folhagem da sua orquídea, mas certifique-se de que sua planta seque bem depois. Na verdade, a água pode se acumular em sua planta e apodrecê-la.

  • Doenças das orquídeas

Quando as condições de cultivo de orquídeas não são apropriadas, sua planta pode desenvolver certas doenças. Podemos então notar uma podridão cinza se formando em suas flores, ou manchas pretas que cobrem a planta. Nesse caso, partes danificadas da planta devem ser removidas, para evitar o risco de contaminação.

Respeitando essas condições, sua orquídea seca poderá desenvolver novos caules, com botões florais em suas extremidades, que lhe oferecerão belas flores depois.

Voltar ao Topo