Dicas para Casa

O telefone celular caiu na água? 8 dicas simples para salvá-lo

Quais são os truques para salvar seu celular molhado?

Se muitas pessoas entram em pânico quando molham o telefone, é porque os custos de reparo podem ser altos, sem contar o risco de perder dados e contatos no smartphone. Somente se você agir rapidamente, poderá salvar seu dispositivo.

 Retire a bateria do telefone

Esta solução é sem dúvida a mais eficaz, pois evita a possibilidade de infiltração de água. Isso exigirá que você remova a bateria e o cartão SIM. Tenha cuidado para não ligar o telefone, pois isso pode causar um curto-circuito e danificar o smartphone.

 Não manuseie o telefone se estiver molhado enquanto estiver conectado

Se alguns truques podem resolver essa solução, há uma situação em que você não deve intervir porque isso o colocaria em risco. É quando o telefone fica molhado enquanto está conectado. Não tente desconectá-lo, pois você pode ser eletrocutado. Você precisará consultar um profissional que possa fazer isso com segurança.

 A técnica do arroz para salvar o celular

Se você conseguir recuperar seu telefone rapidamente, precisará absorver o excesso de água com um ingrediente à mão: arroz branco cru. Mergulhe seu telefone e bateria em uma tigela ou saco cheio deste cereal. Você pode substituir o último por bolas de sílica gel, que são muito eficazes na absorção de umidade. Então você terá que esperar 24 horas para ver o resultado.

 Use um pequeno aspirador de pó para retirar o excesso de umidade do telefone

Se esses truques não funcionarem, você pode adotar essa solução antes de colocar seu telefone nas mãos de um técnico. Se o dispositivo estiver molhado por muito tempo, use um aspirador de pó pequeno para remover o excesso de umidade que pode danificar a bateria. Certifique-se de não segurá-lo muito perto, pois este equipamento pode causar eletricidade estática, o que também pode ser prejudicial ao seu telefone. Além disso, evite usar um secador de cabelo para evitar mais danos.

Existem várias maneiras pelas quais o telefone pode entrar em contato com a água. Os smartphones mais novos, assim como os flagships, contam com maior proteção contra o contato com água ou poeira, mas isso não é garantia de que resistirão ao contato com qualquer líquido ou substância.

Antes de tudo, para verificar se você possui um telefone à prova d’água, é necessário verificar sua classificação de IP (Proteção de ingresso). O primeiro dígito na classificação é a resistência à poeira e 6 é o valor mais alto disponível atualmente. A segunda figura refere-se à proteção da água. A maioria dos telefones tem IP67 (suporta até 1 metro debaixo d’água por 30 minutos) ou IP68 (suporta com águas mais profundas por um período maior – esses dados são sempre especificados pelo fabricante).

É bom saber, no entanto, que esta classificação é dada após testes realizados em ambiente controlado, em laboratório, sob determinadas condições. Por exemplo, água contendo sais ou outras substâncias pode danificar seu telefone.

Por outro lado, se você deixar cair um telefone sem classificação de proteção ou com classificação inferior, é importante agir rapidamente, saber o que fazer, mas principalmente o que não fazer para ter a chance de recuperá-lo funcionalmente.

  alternativa o que fazer se o telefone cair na água

Um telefone que caiu na água pode ser consertado, desde que você o tire da água o mais rápido possível. Quanto mais tempo ficar debaixo d’água, mais fundo penetrará, danificando os componentes essenciais.

O primeiro passo é desligar o telefone assim que tirá-lo da água para reduzir o risco de curto-circuito.

Em seguida, remova o estojo, a bateria, o cartão de memória e o cartão SIM para que o telefone seque mais rapidamente. No caso de smartphones cujo case não seja fácil de abrir, basta retirar o cartão e o cartão de memória.

Use uma toalha ou pano para limpar o telefone e todas as portas por onde a água pode ter entrado: a porta de carregamento, o slot SIM e micro SD, o fone de ouvido.

Você também pode usar uma bomba de ar, como a de limpeza da câmera, para aspirar as gotas de água no interior. Mas tome cuidado para não mover muito o telefone.

A parte mais difícil está chegando. O telefone deve ser deixado fechado por 2-3 dias até que os componentes estejam completamente secos. Você pode colocá-lo em uma gaveta ou tentar selá-lo em um saco de gel de silicato.

A secagem do celular que caiu na água funciona com arroz?

Todos nós já ouvimos falar do método de colocar um telefone caído em uma tigela de arroz.

Embora tenha um grão de verdade, não passa de um mito. Um estudo da TekDry mostrou que o arroz não é muito eficaz para secar o telefone – além disso, é um método ainda menos eficaz do que simplesmente deixar o telefone secar sozinho.

Em vez disso, o gel de silicato provou ser o mais eficaz na absorção de água que entrou em um telefone. É por isso que muitos kits para evitar que seu telefone caia na água incluem uma bolsa de gel de silicato.

Reinicie o telefone depois de seco

Após 48-72 horas, você pode reabrir o telefone. Teste se todos os componentes estão funcionando corretamente: tela sensível ao toque, alto-falantes, microfone, porta de carregamento, fone de ouvido, slot SIM e slot microSD.

Se o telefone não abrir, não carregar ou não funcionar corretamente, pode ser necessário levá-lo ao serviço de reparo.

Outras vezes, pode ser mais barato comprar um novo, principalmente se você não tiver seguro para o seu celular que caiu na água. No segundo cenário, é importante recuperar todos os seus dados e arquivos importantes do telefone com defeito: contatos, fotos, documentos etc.

E a maneira mais fácil de evitar perder todos esses arquivos permanentemente é fazer backup deles em um sistema de armazenamento em nuvem, como iCloud ou Google Docs, para que você possa recuperá-los a qualquer momento.

O que não fazer se o seu telefone cair na água

Se você derrubou o telefone enquanto estava carregando, não tente desconectá-lo antes de desconectá-lo e desconectá-lo da tomada ou porta USB.

Depois de retirá-lo da água, não agite o telefone nem tente verificar imediatamente se os aplicativos ou o menu de configurações estão funcionando.

Não tente secar o telefone com um secador de cabelo – o calor pode danificá-lo ainda mais e empurrar as partículas de água ainda mais fundo. Colocar o telefone no forno, inclusive no micro-ondas, é perigoso e destruirá seus componentes.

Não se apresse para abrir o telefone antes de 48 horas. Dê tempo suficiente para secar antes de pressionar o botão ON. Mesmo que o telefone pareça seco na superfície, a água profunda evaporará com mais força.

Voltar ao Topo