Economia

Estimativa de custo de produção de soja sobe no Brasil

Os custos de produção estimados para a safra de soja de 2021-22 no estado de Mato Grosso, centro-oeste do Brasil, aumentaram 2pc em março, em relação à previsão anterior.

O custo operacional para março foi de R$3.717,35/hectare, segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea). Mato Grosso é o maior estado produtor de soja do Brasil.

O custo foi impulsionado pelos aumento de 6,6pc nos preços das sementes, 3,3pc nos custos de arrendamento, 2,1pc nos custos de operações mecanizadas e 2,2pc nos custos de fertilizantes e corretivos de solo.

O prêmio do TSP, o principal fertilizante usado no cultivo da soja, ao MAP 11-52 subiu em março para $91/t, em comparação com $33/t em fevereiro.

Os preços mais elevados dos combustíveis, a valorização do dólar em relação ao real de 4,2pc no mês e a demanda aquecida por insumos agrícolas também foram listados pelo Imea como motivos para o aumento do custo estimado da produção de soja.

A perspectiva de custo também aumentou 11pc em relação aos custos de produção da safra de 2020-21. O custo operacional da safra de soja do ano passado foi de R$3.347,91/ha.

Voltar ao Topo