Economia

Cartão auxílio emergencial de 300 Reais; veja quem realmente tem direito

Auxílio Emergencial é de R$ 300 e será depositado pelo período de três meses, totalizando R$ 900. Cartões vão são entregues em 11 pontos da cidade.

Os cartões do auxílio emergencial da Prefeitura de Vitória vão ser distribuídos na próxima quarta-feira (29). As famílias beneficiadas foram diretamente impactadas pela crise da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O auxílio tem valor total de R$ 900 que será dividido em três meses. Portanto, cada família receberá R$ 300 por mês. O pagamento será feito por meio do Banestes.

De acordo com a prefeitura, os dados da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) foram cruzados com os dados do Governo Federal e, ao total, 2,8 mil famílias residentes em Vitória têm direito ao benefício.

Critérios

As famílias beneficiadas precisavam estar inscritas no CadÚnico, o Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal, até a data de 13 de junho de 2020. Também não podem ter recebido o auxílio emergencial do Governo Federal. Outro critério é ter renda por pessoa de até meio salário mínimo, que é o equivalente a R$ 522,50.

Pontos de entrega

Os beneficiários serão comunicados pela Semas sobre o local em que devem buscar os cartões, para evitar aglomeração de pessoas. Ao todo, são 11 pontos de distribuição na cidade.

  1. 1. Cajun Bonfim: Rua José Nery do Rosário, 44, Bonfim
  2. 2. Casa do Cidadão: Avenida Maruípe, 2.544, Itararé
  3. 3. Centro de Referência para Pessoa com Deficiência: Av. Prof. Fernando Duarte Rabelo, 70 – Segurança do Lar
  4. 4. Emef Alvimar Silva: Av. Santo Antônio, 1.520 – Santo Antônio
  5. 5. Emef Euzira Vivácqua: A R. Italina Pereira Mota, 501 – Jardim Camburi
  6. 6. Emef Heloísa Abreu Júdice de Mattos: R. Manoel Ferreira Constantino, 400 – Inhanguetá
  7. 7. Cmei Geisla da Cruz Militão: Rodovia Serafim Derenzi, 5620 – Redenção
  8. 8. Cmei Maria Nazareth Menegueli: R. Léa, s/nº – Santa Martha
  9. 9. Emef Moacir Avidos: Av. Jurema Barroso, 58 – Ilha do Príncipe
  10. 10. Emef Neusa Nunes – R. do Cajú, 249 – Nova Palestina I
  11. 11. Fábrica de Ideias: Av. Vitória, 1.449 – Jucutuquara

Perefeitura entrega cartão auxílio emergencial de 300 Reais

A Prefeitura da Serra dá mais um passo para garantir que famílias carentes do município mantenham seu sustento durante a pandemia de Covid-19. Famílias que tenham renda de até R$ 89 por pessoa, e sem acesso a nenhum benefício do governo federal, vão receber um auxílio de R$ 300. O valor poderá ser pago em três parcelas de R$ 100 ou em cota única de R$ 300.

Ao todo, 2.683 famílias que estão em vulnerabilidade social serão beneficiadas com o auxílio municipal já a partir deste mês. A transferência do valor será por meio de uma instituição financeira contratada pela prefeitura, que irá disponibilizar um cartão para fins de alimentação e itens de higiene. A Secretaria de Assistência Social já tem o contato de todas essas pessoas e vai acioná-las. Não é necessário ir a nenhum local nem realizar qualquer cadastro.

Segundo a secretária adjunta de Assistência Social, Elcimara Loureiro, essa é mais uma importante ação do município no apoio às famílias em situação de vulnerabilidade, durante a pandemia provocada pelo novo coronavírus.

“Nós já distribuímos mais de 20 mil cestas de alimentos às famílias necessitadas. A Secretaria de Assistência Social da Serra entende que é necessário garantir e ampliar outras formas de benefícios, na perspectiva de transferência de renda emergencial direta às famílias e público específicos, que não foram contemplados por nenhum programa do governo federal. Vale ressaltar que a prefeitura já possui um programa de transferência de renda, o Pró-Família, que beneficia outras duas mil famílias”, destaca Elcimara.

O prefeito da Serra, Audifax Barcelos, diz que a cidade está em guerra contra o vírus e essa é mais uma medida destinada à população vulnerável. “Estamos adotando diariamente medidas eficazes para combater o novo coronavírus. Essa é mais uma conquista da gestão para a população carente e vulnerável do município“, disse o prefeito.

É importante ressaltar que as 2.683 famílias que serão contempladas com o auxílio municipal não receberam nenhum benefício do governo federal pelo Programa Bolsa Família, Pró-família, BPC ou Auxílio Emergencial Federal. ( Com Informações do G1  e ESHOJE )

Voltar ao Topo