Empregos

Wilson Sons Estaleiros conclui mais uma embarcação

A Wilson Sons Estaleiros concluiu mais uma embarcação de apoio em sua planta do Guarujá, em São Paulo, que faz parte das encomendas da 6ª rodada do Programa de Renovação da Frota de Apoio Marítimo (Prorefam) da Petrobrás. A unidade foi entregue a outra empresa do grupo, a Wilson Sons Ultratug Offshore, uma joint venture formada com o grupo Ultramar.

O navio é o segundo do tipo a fazer parte da frota da empresa, que recebeu o primeiro, Larus, com as mesmas especificações em julho, também para atuar junto à Petrobrás. Ele conta com 85,25m de comprimento, 19m de boca e calado de 6,3m, além de possuir um guindaste sobre trilhos (tipo pórtico) instalado sobre a área de carga da embarcação. A tecnologia e o projeto de engenharia são da Damen, sendo que o financiamento foi garantido pelo Fundo da Marinha Mercante (FMM), concedido por meio do BNDES.

“Da mesma maneira que fizemos com o Larus, fomos além da exigência do Prorefam e encomendamos o Pinguim com porte de 5.000 toneladas. Com isso, podemos oferecer uma embarcação superior para nosso cliente, reforçando nosso compromisso em construir e oferecer soluções de alto valor percebido em operações de embarcações offshore”, afirma o diretor executivo da Wilson Sons Ultratug Offshore, Gustavo Machado (foto).

O PSV Pinguim é a 22ª embarcação da A Wilson Sons Ultratug Offshore, que possui 19 PSVs em operação com a Petrobrás e outros dois PSVs disponíveis para novos projetos no Brasil. Até o fim deste ano, mais uma embarcação será incorporada à frota da companhia: um PSV 3.500 construído pelo estaleiro POET (Cingapura).

Voltar ao Topo