Benefícios

Veja como consultar o número do NIS no Bolsa Família pelo CPF

CONSULTAR SALDO BOLSA FAMÍLIA PELO CPF – É possível fazer a consulta do saldo do Bolsa Família pelo nome, pelo NIS e pelo CPF de maneira simples e ver quanto ainda há disponível para saque. Isso pode ser feito diretamente pela internet, pelo aplicativo ou pelo telefone da Caixa Econômica Federal.

Por isso você pode ver qual o valor que tem a receber online para que, assim, possa comparecer a uma agência da Caixa ou uma Casa Lotérica para realizar o saque do seu benefício mensalmente. Mas o extrato do Bolsa Família contém dados de quanto o governo repassou para você, sendo possível ver o saldo apenas em uma conta poupança que seja vinculada ao benefício.

CONSULTAR SALDO DO BOLSA FAMÍLIA ONLINE

Pode ser feito através do site fornecido pela Caixa Econômica Federal, sendo necessário fazer o cadastro e, posteriormente, o login para ver essas informações: servicossociais.caixa.gov.br.

Também é possível ver a informação através do aplicativo oficial disponibilizado para Android e para iOS. Para isso, então, será necessário utilizar o número do NIS ou o CPF para a consulta.

CONSULTAR SALDO DO BOLSA FAMÍLIA PELO CPF POR TELEFONE

Consultar saldo Bolsa Família pelo CPF
Consultar saldo Bolsa Família pelo CPF

O número da Caixa Econômica Federal para atendimento ao cidadão permite que se faça essa consulta. O telefone é o 0800 707 2003 e pode ser usado para diversas coisas como: ver situação do benefício, consultar saldo e saber onde fazer o saque.

Por isso é uma das melhores opções para que se verifique quanto ainda tem disponível para saque na sua conta do benefício. Também é possível fazer isso usando o número do NIS.

COM O CARTÃO DO BOLSA FAMÍLIA OU CARTÃO CIDADÃO

Também é possível saber a informação de forma oficial em uma agência da Caixa Econômica Federal, em uma Casa Lotérica ou em um Correspondente Caixa.

Por isso é possível procurar esses órgãos sempre que necessitar saber qual o valor que ainda possui para que seja sacado e para que possa ser utilizado para atender às necessidades da família.

MAIORES INFORMAÇÕES SOBRE O BENEFÍCIO

O Governo Federal deixa à disposição dos beneficiários dois principais telefones para que eles possam ter acesso à informação sobre o benefício de forma mais precisa:

  • 121 – Número do Ministério da Cidadania para os benefícios sociais
  • 0800 707 2003 – Telefone da Caixa Econômica Federal de atendimento ao cidadão

Além desses dois meios, o beneficiário também poderá procurar a gestão municipal do programa para esclarecer suas dúvidas acerca do benefício. Também poderá saber corretamente o valor que é liberado mensalmente para uma família beneficiária do programa no município.

Saiba como consultar o Bolsa Família pelo CPF

Com o intuito de beneficiar as famílias de baixa renda do país, o Bolsa família é um dos benefícios sociais mais conhecidos no Brasil. Principalmente contribuindo com a renda de milhões de cidadãos que enfrentam dificuldades de se manter financeiramente.

E como atualmente a tecnologia vem sendo nossa aliada para tudo, é possível consultar o seu Bolsa Família pelo CPF diretamente no site da Caixa Econômica Federal.

Para consultar o Bolsa Família a ser recebido pela sua família usando seu CPF, siga os seguintes passos:

1. Acesse o site de Consulta Pública de Benefícios da Caixa através deste link: https://www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta/beneficio/04.01.00-00_00.asp

2. Clique na opção “Consulta Benefícios por família”;

3. Preencha o formulário com seus dados: CPF do Responsável Familiar ou o número do NIS que está no cartão do Bolsa Família;

4. Confira se o nome completo do responsável surgiu na tela;

5. Por último, clique no nome.

Irá aparecer uma página com os valores liberados e os que já foram sacados do benefício.

A Caixa Econômica Federal também criou um aplicativo para Smartphones do Programa Bolsa Família, o qual disponibiliza as informações aos beneficiários.

Baixe agora mesmo clicando aqui: https://www.caixa.gov.br/programas-sociais/bolsa-familia/Paginas/default.aspx

Calendário de Pagamento do Bolsa Família

O dia de recebimento do benefício é disponibilizado por um calendário da Caixa. Por conseguinte, a ordem do pagamento segue o número do NIS, o qual está escrito no cartão do bolsa família.

Em 2020, o calendário de outubro está disponibilizando o pagamento conforme descrito abaixo:

Nº 1 – 19/out
Nº 2 – 20/out
Nº 3 – 21/out
Nº 4 – 22/out
Nº 5 – 23/out
Nº 6 – 26/out
Nº 7 – 27/out
Nº 8 – 28/out
Nº 9 – 29/out
Nº 0 – 30/out

Nº 1 – 17/nov
Nº 2 – 18/nov
Nº 3 – 19/nov
Nº 4 – 20/nov
Nº 5 – 23/nov
Nº 6 – 24/nov
Nº 7 – 25/nov
Nº 8 – 26/nov
Nº 9 – 27/nov
Nº 030/nov

Nº 1 – 10/dez
Nº 2 – 11/dez
Nº 3 – 14/dez
Nº 4 – 15/dez
Nº 5 – 16/dez
Nº 6 – 17/dez
Nº 7 – 18/dez
Nº 8 – 21/dez
Nº 9 – 22/dez
Nº 0 – 23/dez

Quem tem direito ao Bolsa Família

Como todo benefício social, o programa do Bolsa Família é disponibilizado a famílias que cumpram alguns requisitos:

– É preciso comprovar renda por pessoa de até R$ 89 reais, ou entre R$89,01 e R$ 178 reais;

– As crianças residentes na casa precisam estar devidamente matriculadas no sistema público de educação;

– É preciso ser brasileiro;

– Provar em forma de documento todos os dados informados.

Qual o valor do Bolsa Família

O valor disponibilizado pelo programa não é fixo. Isto é, ele varia de acordo com as condições financeiras de cada família requerente. Além disso, o benefício básico prestigia famílias com renda de até R$ 89 reais por pessoa com o valor de R$ 89 reais por mês.

O benefício variável, por sua vez, é repassado a famílias com situação de extrema pobreza ou que possuem gestantes ou crianças e adolescentes entre 0 e 15 anos. A saber, o valor é de R$ 41 reais mensais a cada benefício. Além disso, cada família pode somar até 5 benefícios.

E, por fim, o benefício variável jovem beneficia jovens encontrados em famílias de extrema pobreza e que possuam entre 16 e 17 anos. O valor é de R$ 48 reais por mês e é possível acumular até dois benefícios.

Vale lembrar que famílias em situação de extrema pobreza podem acumular até três desses benefícios citados acima. Por conseguinte, o pagamento é feito em conta da família na Caixa Econômica Federal. A prioridade é que a conta seja feita em nome da mulher.

É feito um cartão magnético que pode ser utilizado como cartão de débito e para sacar o benefício diretamente nos caixas eletrônicos.

Como se inscrever no Bolsa Família

Se você e sua família se enquadram nos requisitos para recebimento do programa, é preciso dirigir-se até a prefeitura da cidade e buscar mais informações sobre a inscrição.

É preciso estar cadastrado no CadÚnico (cadastro único para programas do Governo Federal) e, na maioria dos municípios, o cadastramento é feito no CRAS – Centro de Referência Especializada em Assistência Social.

No dia do cadastro, tenha em mãos seu RG ou CNH e título do eleitor. Além disso, será pedido um documento de identidade oficial de cada membro da família, além de muitas outras informações que guiarão o processo de análise.

Lembrando que a inscrição no CadÚnico não garante a entrada imediata no programa. A seleção é feita de forma informatizada, com base nos dados fornecidos no Cadastro Único e nas regras do programa. Tudo isso sem a interferência de terceiros.

Voltar ao Topo