Empregos

Vale vai investir US $ 1,9 bilhão para fechar nove barragens em Minas Gerais

A mineradora brasileira Vale SA disse que vai gastar US $ 1,9 bilhão pelo desmantelamento de nove barragens de rejeito no estado brasileiro de Minas Gerais, de acordo com uma declaração de valores mobiliários na sexta-feira.

A empresa investirá entre US $ 150 milhões e US $ 200 milhões em 2019, cerca de US $ 500 milhões em 2020 e entre US $ 150 milhões e US $ 200 milhões nos anos seguintes. A empresa também disse que vai investir em avaliações contínuas de projetos de engenharia e despesas de outras estruturas geotécnicas.

O anúncio da Vale segue-se a uma explosão da barragem em janeiro que matou centenas de pessoas – o segundo desastre em três anos.

A empresa já havia dito que investiria US $ 1,9 bilhão para desativar nove barragens, mas não forneceu detalhes sobre como o dinheiro seria desdobrado.

No registro de títulos, que inclui slides para investidores, a Vale disse que duas represas a montante serão totalmente desativadas em três anos. Outros cinco serão transformados em barragens a jusante antes do desmantelamento e dois terão fatores de segurança aumentados antes do descomissionamento.

“Não poupamos – e não pouparemos – recursos ou esforços para reparar os danos causados ​​às famílias envolvidas, à infraestrutura das comunidades e ao meio ambiente”, disse o presidente-executivo, Eduardo Bartolomeo, na apresentação aos investidores.

A maior produtora de minério de ferro do mundo anunciou nesta semana que criou o novo papel de diretor executivo de segurança e excelência operacional e nomeou Carlos Medeiros para o cargo.

(Reportagem de Carolina Mandl em São Paulo; Edição de Matthew Lewis)

Voltar ao Topo