Tecnologia

Twitter está procurando fornecer mais opções e transparência

Twitter

O Twitter está procurando fornecer mais opções e transparência sobre suas violações de regras e processos de moderação, com uma gama de novas ferramentas atualmente em consideração que podem dar aos usuários mais maneiras de entender e agir em cada instância. A primeira ideia é um novo Centro de Segurança, que o Twitter diz ser ‘um  balcão único para ferramentas de segurança’.

Proposta da Central de Segurança do Twitter

Como você pode ver aqui, o conceito de Safety Center, que pode ser acessado por meio do menu do Twitter, oferece aos usuários uma visão geral completa de todos os relatórios, bloqueios, silenciamentos e avisos que eles possuem atualmente em suas contas. A Central de segurança também daria ao Twitter um meio de fornecer atualizações sobre quaisquer relatórios pendentes (por meio da guia ‘Central de relatórios’).

A plataforma também alertaria os usuários se eles estivessem perto de serem suspensos devido a violações de políticas, o que pode levá-los a repensar seu comportamento, ao mesmo tempo que incluiria um link para as diretrizes de política do Twitter.

O ímpeto aqui é deixar mais usuários cientes das regras do Twitter e mantê-los atualizados sobre suas atividades. Por um lado, isso pode aumentar a conscientização, mas também pode dar às pessoas mais margem de manobra para ultrapassar os limites, com uma ferramenta de verificação constante para ver se eles podem ser suspensos, quando precisariam desacelerar. O segundo conceito do Twitter é um novo Policy Hub, que forneceria uma visão geral completa  de suas regras e políticas.

Conceito de hub de privacidade do Twitter

Ao tornar esses documentos mais acessíveis, pode ajudar a definir parâmetros mais claros sobre onde o Twitter traça os limites – embora sua eficácia, é claro, dependa de que os usuários realmente os verifiquem.

Um conceito mais direto, que poderia ser mais eficaz, é ‘ Escola de Segurança’, que daria aos usuários a chance de evitar a suspensão por violações de plataforma se, em vez disso, fizessem um breve curso ou teste para aprender sobre as regras que violaram.

Escola de Segurança do Twitter

Em seguida, os usuários teriam uma visão geral da regra específica que violaram, o que poderia ajudar a aumentar a conscientização sobre as políticas da plataforma.

Outro conceito interessante que o Twitter está considerando é um novo ‘ Relatório de segurança semanal’, que mostraria aos usuários quantas pessoas em sua rede estão usando suas ferramentas de bloqueio e mudo.

Isso poderia tornar mais aceitável para você fazer o mesmo. Se você entendeu que muitas pessoas na plataforma estão usando essas ferramentas, incluindo pessoas que você conhece, isso poderia reduzir o estigma em torno de relacionamentos potencialmente prejudiciais, fechando os usuários.

Ou pode ser uma fonte de preocupação – talvez essas pessoas estejam silenciando você.  Como você pode ver no exemplo acima, a tela também informa quantas contas em sua rede violam regularmente as regras de plataforma, para que você saiba quantos ovos podres você tem em seu rebanho do Twitter.

O Twitter também está trabalhando em um novo processo de apelação para violações de regras in-stream.

Isso pode tornar mais fácil para os usuários agirem quando sentirem que uma restrição foi aplicada de forma injusta ou incorreta, o que prejudica a posição de seu perfil.

Os elementos de pares aqui podem adicionar algo mais à transparência e responsabilidade da aplicação das regras do Twitter – embora possa não ser excessivamente eficaz para usuários que têm muitos seguidores com os quais não interagem regularmente. Algumas pessoas podem ter muitos seguidores com os quais não estão fortemente engajadas, então, idealmente, as ferramentas que analisam sua rede levam em consideração apenas aqueles que você segue, ao contrário daqueles que o seguem.

É, logicamente, como o sistema funcionaria, mas existem algumas ressalvas baseadas em como o Twitter define ‘sua rede’ neste sentido.

Em uma nota relacionada, o Twitter também anunciou uma nova adição ao seu processo de checagem coletiva do Birdwatch, que levará os usuários a revisar as notas do Birdwatch para adicionar mais peso às avaliações.

O Twitter afirma que esta adição garantirá uma  ‘gama mais diversificada de feedback’ sobre os alertas do Birdwatch, aumentando a precisão de tais relatórios.

É difícil dizer se a proposta do Birdwatch vai funcionar, mas é um conceito interessante, usando sua base de usuários para detectar melhor conteúdo de baixa qualidade ou falso, a fim de reduzir seu impacto e alcance geral. 

De certa forma, é mais parecido com o Reddit, que depende de sua comunidade de usuários para fazer votos positivos e negativos de conteúdo, o que geralmente elimina coisas como relatórios falsos. Curiosamente, o Twitter também está considerando opções de upvote e downvote para tweets , então parece que a plataforma está de fato olhando para o Reddit como uma inspiração potencial para seus esforços nesta frente.

O que, mais uma vez, faz sentido, mas é difícil dizer se a comunidade de usuários do Twitter está tão alinhada com a qualidade do conteúdo na plataforma quanto os Redditors estão em seus subreddits, dos quais eles provavelmente se sentem mais propriedade e comunidade.

Talvez, por meio de adições como essa, o Twitter possa se basear nisso, o que tornaria ferramentas como o Birdwatch uma adição mais valiosa.

Voltar ao Topo