Notícias

Total toma decisão de investimento para o projeto Mero offshore do Brasil

Mero está localizada em alto mar, a 180 quilômetros da costa do Rio de Janeiro, na prolífica área do pré-sal da Bacia de Santos.

O Mero 3 FPSO terá uma capacidade de tratamento de líquidos de 180.000 barris por dia e deverá entrar em operação em 2024.

Ele segue as decisões de investimento para os FPSOs Mero 1 (inicialização prevista para 2021) e Mero 2 (inicialização prevista para 2023), ambos com capacidade de processamento líquido de 180.000 barris por dia.

Arnaud Breuillac, presidente de exploração e produção da Total, disse: “A decisão de lançar Mero 3 marca um novo marco no desenvolvimento em larga escala dos vastos recursos petrolíferos do campo de Mero – estimados em 3 a 4 bilhões de barris.

“Está em linha com a estratégia de crescimento da Total no offshore brasileiro, baseado em projetos gigantes que viabilizam a produção a custos competitivos e resilientes diante da volatilidade do preço do petróleo.

“O projeto Mero contribuirá para a produção do Grupo a partir de 2020, e temos como meta uma produção de 150.000 barris por dia no Brasil até 2025.”

O campo Mero está em pré-produção desde 2017 com o FPSO Pioneiro de Libra de 50.000 barris por dia.

O Consórcio Libra é operado pela Petrobras (40%) como parte de uma parceria internacional que inclui Total (20%), Shell Brasil (20%), CNOOC Limited (10%) e CNPC (10%). A Pré-Sal Petróleo (PPSA) administra o Contrato de Partilha de Produção de Libra.

Voltar ao Topo