Benefícios

Todos os beneficiários do bolsa família vão receber R$300?

Todo a nação brasileira contemplou a triste situação da pandemia no país. Assim com grandes números de desemprego, o governo teve que contar com medidas de alterações no programa social do Bolsa família.

O que antes havia sido projetado para atender um determinado grupo, com um valor fixo. Logo, foi transformado e reorganizado para atender milhões de brasileiros, que foram prejudicados pelo vírus da covid-19.

Nos últimos meses, através do programa do Bolsa família, o povo conseguiu sacar o auxilio emergencial. A princípio esse assumiu o programa original que ficou suspenso devido as condições de emergência do país.

Agora em fase de reestruturação, muitas pessoas tem dúvida de como ficará o valor final do bolsa família. Contudo, será que todos vão continuar recebendo o mesmo valor do auxílio?

As novas regras também podem assustar os beneficiários que estão na dúvida se ainda contemplam o direito de ter o Bolsa família. De modo que hoje vamos explicar como ficou essa situação.

Como será o novo valor do bolsa família?

O novo valor do bolsa família, foi uma questão muito comentada nos últimos dias. O governo entrou em varias crises internas para tentar solucionar um valor novo que possa auxiliar realmente a nação.Um programa de substituição até foi sugerido para atender essa necessidade de gerar dignidade aos brasileiros em situação de risco. Mas a mesma foi suspensa devido a impossibilidade politica de atender o projeto.

Assim, o presidente decretou que logo que acabe as parcelas residuais do bolsa família emergencial. A princípio, essas devem ir ate dezembro de 2020, sendo pagas a todos que se enquadram como risco de pobreza extrema.Após esse período um claro pente fino irá ocorrer no bolsa família. Dessa maneira o governo irá verificar quais são as pessoas que realmente necessitam da continuidade do programa para o ano de 2021.

Novas regras para pagar R$ 300 do Bolsa Família

Seguindo as novas regras, a ideia é pagar um valor de R$ 300 para essas pessoas. Pois o presidente considera que esse seja o valor mínimo para que se possa ter um pouco mais de dignidade humana.

Levando em conta que esse aumento também representa como consideração a inflação do país. Em resumo o bolsa família deve ser capaz de suprir qualquer risco de fome, e para isso deve se adequar a crise do país.

Todos que sigam os seguintes critérios vão receber o bolsa família em 2021 no valor de R$ 300
O beneficiário que não esteja em regime de emprego formal.
O beneficiário não esteja recebendo qualquer outro tipo de renda com fins governamentais.
O beneficiário não esteja morando fora do país.
O beneficiário não seja menor de idade, a menos que esse seja mãe adolescente registrada no cadúnico.
O beneficiário não esteja em regime de prisão domiciliar.

Atente-se para seus dados pessoais, pois esses serão considerados pelo governo em 2021. De modo, que apenas aqueles que estejam em dia com os critérios do governo vão contemplar o requerimento de 300,00 reais.
Em caso de qualquer dúvida procure o CRAs da sua cidade e peça ajuda para um atendente.

Voltar ao Topo