A empresa de serviços de campos de petróleo TechnipFMC reafirmou o cronograma para sua divisão planejada em duas entidades distintas e diversificadas.

A empresa disse que a transação está progredindo para a conclusão no primeiro semestre deste ano.

O TechnipFMC disse: “A empresa antecipa a conclusão da transação no segundo trimestre de 2020 e pretende sediar um evento do Mercado de Capitais em Paris para a Technip Energies antes da conclusão da cisão”.

O TechnipFMC foi formado em 2017 por meio de uma fusão entre a Technip da França e a FMC Technologies dos EUA. Anunciou planos de separação em agosto.

Ele será dividido em TechnipFMC (RemainCo) e Technip Energies (SpinCo). Uma empresa se concentrará nas atividades upstream, a outra na midstream e downstream.

Relacionado: TechnipFMC planejada para se separar em duas empresas

O TechnipFMC também afirmou: “A Technip Energies estará bem posicionada para capturar oportunidades de GNL como resultado de seu modelo disciplinado de entrega de projetos, capacidades diversificadas e histórico.

“Além disso, a nova empresa se beneficiará de sua posição de liderança, em termos de carteira de pedidos, no mercado downstream, bem como de futuras oportunidades de crescimento em biocombustíveis, química verde e outras alternativas de energia”.

A Technip Energies (SpinCo) será formada como uma empresa de engenharia e construção (E&C) com cerca de 15.000 funcionários, incorporada na Holanda e sediada em Paris.

A RemainCo manterá o nome TechnipFMC e terá 22.000 funcionários. Ele permanecerá incorporado no Reino Unido, com sede em Houston.

A conclusão está sujeita à aprovação do Prospecto da UE pela Autoridade Holandesa para os Mercados Financeiros (AFM). Também está sujeito a condições gerais de mercado, outras aprovações regulatórias e aprovação do conselho final.