Notícias

Suzano planeja investir R$ 933,4 mi em fábricas e florestas no ES

A produtora de celulose de eucalipto Suzano anunciou nesta quinta-feira que vai investir R$ 933,4 milhões no Espírito Santo, na construção de uma fábrica de papel higiênico, na modernização da fábrica de celulose em Aracruz e no desenvolvimento de base florestal no Estado. Os investimentos serão financiados pela monetização de créditos de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) detidos pela companhia e estão condicionados à aprovação dos projetos pelo governo estadual.

Em fato relevante encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a companhia informa que serão investidos R$ 130 milhões em uma unidade de conversão de papel higiênico e papel toalha, com capacidade para 30 mil toneladas por ano. O prazo de implantação é de 11 meses, a partir da obtenção das licenças necessárias.

Outros R$ 272,4 milhões serão destinados à modernização da fábrica de Aracruz, com a substituição de partes da caldeira de recuperação e instalação de um sistema de cristalização, com prazo de 25 meses.

O maior volume de investimentos, R$ 531 milhões ou mais da metade do valor anunciado, será aplicado na aquisição de terras, arrendamento e plantio de florestas nos 24 meses posteriores à obtenção das licenças.

Conforme a Suzano, os investimentos não afetam o fluxo de caixa da companhia e os desembolsos já estão contemplados nos investimentos estimados para 2020 anunciados na semana passada.

“Tais investimentos alinham-se à estratégia de negócio da companhia ao representar uma forte evolução de seu posicionamento no mercado de segmento de bens de consumo e o fortalecimento de sua competitividade estrutural na produção de celulose”, informa a companhia.

Voltar ao Topo