Energia

Solatio da Espanha instalando complexo solar de 810 MWp no Brasil

Os funcionários do governo brasileiro e representantes da empresa espanhola do setor fotovoltaico Solatio Energia inauguraram na sexta-feira um complexo de energia solar que adicionará 810 MWp quando estiver totalmente operacional.

Solatio, uma empresa com mais de uma década de presença no Brasil, está instalando o projeto de três parques solares de BRL-3 bilhões (USD 570,3 milhões / EUR 480,6 milhões) no estado de Pernambuco.

As usinas individuais – a Brigida de 80 MW, a Bom Nome de 130 MW e a Belmonte de 600 MW – devem formar o maior complexo solar da América Latina, disse o Ministério de Minas e Energia (MME). Combinados, os parques solares produzirão energia suficiente para 800.000 famílias consumir, de acordo com o ministério.

Bom Nome e Belmonte iniciarão as operações em abril de 2022 e no terceiro trimestre de 2022, respectivamente.

Atualmente, o Brasil tem 3,3 GW de capacidade instalada de energia solar centralizada, o que representa 2% da matriz elétrica nacional, disse o ministro da Energia, Bento Albuquerque, na cerimônia de inauguração.

A política encorajadora do governo federal deve trazer mais de R $ 100 bilhões de investimentos em energia solar nos próximos dez anos, acrescentou o ministro.

Voltar ao Topo