Energia

Solarian Energy inicia operação de usina solar em São Paulo

A empresa brasileira de energia solar Solarian Energy anunciou recentemente que iniciou a operação comercial de uma usina solar de 4,9 MW no estado de São Paulo.

A UFV Salto de Pirapora II, como é chamada a usina fotovoltaica (FV), é a primeira da empresa a usar rastreadores solares. Foi necessário um investimento de R $ 17 milhões (US $ 3,2 milhões / EUR 2,6 milhões) feito em parceria com um fundo estrangeiro não identificado.

Localizado em uma área de 100.000 m² (1.076.391 pés quadrados) na cidade de Salto de Pirapora, o parque fotovoltaico é capaz de gerar cerca de 8.700 MWh por ano, o suficiente para evitar a emissão de 653 toneladas de dióxido de carbono (CO2) por ano.

De acordo com a Solarian Energy, a produção de Salto de Pirapora II será utilizada para abastecer 94 farmácias locais localizadas nas áreas de concessão da concessionária regional CPFL Piratininga, subsidiária da CPFL Energia (BVMF: CPFE3).

Voltar ao Topo