Notícias

Simões Filho: Três vereadores são apontados em pesquisa para prefeito em 2020

Foto: Divulgação CMSF| Arte Débora Souza

O levantamento feito pelo Bahia Notícias e a Séculus Análise e Pesquisa divulgado no último dia 2 de outubro que aponta a liderança do ex -prefeito Eduardo Alencar (PSD) com 31,15% e o atual gestor Diógenes Tolentino – Dinha (MDB) como segundo colocado com 25,99% das intenções de voto para as eleições municipais 2020, também trouxe a tona o nome de três vereadores como opções de voto para a sucessão no executivo municipal.

De acordo com dados da pesquisa, os parlamentares Manoel Almeida- Neco (PSD), Alfredo Assis (PP) e Cleiton Bolly Bolly (SD) foram lembrados pela população e pontuaram como opções para  disputa para prefeito na próxima eleição que acontecerá no próximo ano na cidade de Simões Filho na Região Metropolitana de Salvador.

O líder do governo na Câmara de vereadores Neco, que já foi Secretário de Serviços Públicos da cidade e pela primeira vez exerce a função de vereador, aparece na terceira colocação na preferencia do eleitorado com uma pontuação de 5,95% na modalidade estimulada, (quando o questionário apresenta ao entrevistado opções de nomes). Neco também é citado na modalidade espontânea com 0,40 % de intenções de voto.

 O vereador da oposição Alfredo Assis, que trabalha como médico na cidade há mais de vinte anos, ocupou a função de Secretário de Saúde durante dois anos e exerce pela terceira vez a função na casa legislativa, é apontado em quarto lugar na pesquisa estimulada com 3,97% das intenções de voto.

Já o parlamentar Cleiton Bolli Bolli, que faz parte da base aliada ao prefeito, é o Idealizador do Projeto Social Bolly Black que atua nas comunidades carentes há aproximadamente 15 anos e ocupa pela primeira vez uma cadeira na Câmara, foi citado na pesquisa espontânea, (quando o questionário não apresenta ao entrevistado opções de nomes) e teve 0,40%  das intenções de voto 

A pesquisa revelou ainda que, mais da metade dos entrevistados (55,32%) afirmaram não saber ou não opinaram neste cenário espontâneo . Outros 16,87% não votariam em nenhum dos candidatos.
O levantamento do Bahia Notícias com a Séculus Análise e Pesquisa ouviu 606 pessoas, entre os dias 22 e 23 de setembro deste ano. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 3,0 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.
Voltar ao Topo