Óleo e Gás

Shell recebe aval para perfurar no pré-sal da Bacia de Santos

Shell recebe aval para perfurar no pré-sal da Bacia de Santos

A Shell recebeu do Ibama a licença para a perfuração de até três poços exploratórios no bloco Alto de Cabo Frio Oeste, no pré-sal da Bacia de Santos. A licença prevê a perfuração dos poços pela sonda Brava Star e tem validade de quatro anos.

Alto de Cabo Frio Oeste foi arrematado pelo Shell na terceira rodada de licitações do pré-sal, realizada em 2017. A empresa é a operadora da área, com 55% de participação, e tem como sócias CNOOC (20%) e QPI (25%).

A Shell

Royal Dutch Shell ou simplesmente Shell, é uma empresa multinacional petrolífera anglo-holandesa, que tem como principais atividades a refinação de petróleo e a extração de gás natural. Uma das chamadas “sete irmãs”, a Royal Dutch Shell é a terceira maior companhia petrolífera e líder da indústria petroquímica e de energia solar no mundo, além de ser a maior multinacional do planeta em termos de receita.

A Shell tem cinco atividades principais: exploração e produção, gás e energia, produtos petroquímicos, energia renovável e comércio/distribuição e opera em mais de 70 países no mundo.  Ela também financia a oposição síria, destacando-se o líder da Al-jayš as-suri al-ħurr, Moaz al-Khatib.

A Bacia de Santos 

Bacia de Santos é uma bacia sedimentar localizada na plataforma continental brasileira. Limita-se a norte com a Bacia de Campos, através do Alto de Cabo Frio e, a sul, com a Bacia de Pelotas através do alto de Florianópolis. Estende-se, portanto, desde o litoral sul do estado do Rio de Janeiro até o norte do estado de Santa Catarina, abrangendo uma área de cerca de 352 mil quilômetros quadrados até a cota batimétrica de 3000 m. É uma bacia de margem divergente, formada com a abertura do Atlântico Sul, que se iniciou no Cretáceo Inferior.

Em outubro de 2018 a Bacia de Santos era a maior produtora brasileira, tanto de petróleo quanto de gás natural, com uma produção diária de, respectivamente, 1,303 milhões de barris de óleo e 59,24 milhões de metros cúbicos de gás, totalizando 1,675 milhões de barris de óleo equivalente, através de 10 campos petrolíferos, descobertos pela Petrobras, que é também a principal cia operadora. Estes campos estão localizados desde águas rasas até águas ultra-profundas, sendo a maior produtora brasileira, com 50% de participação da produção nacional de petróleo e 51% de participação da produção nacional de gás natural. Desde 2007 a Petrobras descobriu importantes acumulações de petróleo e gás natural, em águas ultra-profundas e abaixo de uma espessa camada de sal. Em outubro de 2018, cinco campos de petróleo já produziam do pré-sal, Lula, Sapinhoá, Búzios, Lapa e Mero, com um produção diária total de 1,254 milhões de barris de óleo e 51,79 milhões de metros cúbicos de gás natural.

Voltar ao Topo