Últimas Notícias

Shell, Petrobras e Petrogral são destaques durante evento do prêmio ANP

Shell, Petrobras e Petrogral são destaques durante evento do prêmio ANP

Nesta quinta-feira (28) a Agência Nacional do Petróleo (ANP) realizou a cerimônia de entrega do Prêmio ANP de Inovação Tecnológica 2019, no Rio de Janeiro. As empresas  Shell e Petrogal venceram uma categoria cada, enquanto a Petrobrás foi a vencedora em outras três. Além disso, o engenheiro Marcelo Gattass foi escolhido a Personalidade Inovação do ano, enquanto Marcos Isaac Assayag recebeu a Menção Honrosa.

A edição deste ano do prêmio contou com duas categorias com temas inéditos – “Segurança, Meio Ambiente e Saúde – SMS” e “Indústria 4.0” –, além de categorias com os temas tradicionais de “Exploração e Produção de Petróleo e Gás” e “Transporte, Dutos, Refino, Abastecimento e Biocombustíveis”.

A Petrogal, em conjunto com USP – Escola politécnica e Unicamp, venceram a disputa na categoria 1, “Exploração e Produção de Petróleo e Gás”, que determinava a participação de Instituição Credenciada em colaboração com Empresa Petrolífera. O projeto vencedor foi “Captura e armazenamento de dióxido de carbono (CCS) e purificação de gases associados (LNG) na produção de petróleo em águas ultraprofundas através do processo de produção de hidratos dos gases”.

A Shell foi a vencedora na categoria 2, que também trata sobre Exploração e Produção de Petróleo e Gás, mas que não obrigava, necessariamente, a participação de Instituição Credenciada em colaboração com Empresa Petrolífera. O projeto vencedor foi o “Sistema Armazenamento e Separação Gravitacional de CO2 e CH4 em Cavernas de Sal Construídas em ambiente Offshore de Águas Ultra Profundas no Brasil”. A tecnologia foi desenvolvida em parceria com a USP – RCGI, e as empresas Modecom, Technomar, Argonautica e Granper.

Na categoria 3, sobre “Transporte, Dutos, Refino, Abastecimento e Biocombustíveis”, o projeto vencedor foi “Centro de Simulações de Manobras do Tanque de Provas Numérico da USP aplicado à Busca de Soluções para Escoamento da Produção de Petróleo e Gás Brasileira”. O empreendimento foi liderado pela Petrobrás em parceria com a USP-TPN e a Transpetro. O centro serve para a pesquisa e estudo de manobras marítimas, portuárias e hidroviárias.

A Petrobrás também faturou a categoria 4, de “Segurança, Meio Ambiente e Saúde – SMS”, com o projeto “Tecnologias verdes para a reciclagem de polímeros da indústria do petróleo: transformando resíduos em matérias-primas de valor para a cadeia produtiva”, desenvolvido em conjunto com UFRJ-IMA, UFPE – Lateclim. Por fim, a estatal também venceu a categoria 5, de “Indústria 4.0”, com o “OtimRota – Ferramenta Computacional para Projeto Conceitual e Otimização de Sistemas Submarinos”, desenvolvido em parceria com UFRJ – LAMCSO, USP – NDF, PUC-Rio – TecgrafUFRJ.

Voltar ao Topo