Energia

Shell quer investir US$ 564 milhões em energia limpa do Brasil

energia

A gigante do petróleo e gás Royal Dutch Shell Plc planeja investir R $ 3 bilhões (US$ 564 milhões / EUR 480 milhões) até 2025 no mercado de energia limpa do Brasil, incluindo o desenvolvimento de projetos de energia renovável.

A mudança foi divulgada durante o lançamento local da Shell Energy, divisão da empresa voltada para a descarbonização, produtos ambientais e projetos de energias renováveis, como eólica e solar.

A chefe de desenvolvimento renovável da Shell para a América Latina, Gabriela Oliveira, foi citada pela Reuters como tendo dito que a empresa espera atingir 5 GW de projetos de energia solar em seu portfólio brasileiro antes do final de 2021.

Atualmente, a gigante do petróleo e gás tem seis projetos solares com capacidade combinada de mais de 2 GW, incluindo a parceria com a produtora local de aço Gerdau SA (BVMF: GGBR4) para desenvolver um projeto solar de corrente contínua (CC) de 190 MW em Estado de Minas Gerais.

Segundo Oliveira, a Shell também pretende lançar ainda este ano uma campanha de desenvolvimento eólico offshore.

A Shell não descarta a possibilidade de fazer novos investimentos em joint ventures de geração de energia renovável, acrescentou o diretor de Renewables and Energy Solutions da Shell Brasil e da Shell Energy, Guilherme Perdigão.

Voltar ao Topo