Marketing e Negócios

As sete regras principais para se tornar um trader de sucesso

Sucesso

Para atingir o domínio total na negociação e ter sucesso é necessário passar por um longo processo de treinamento, prática e a busca constante pelo aprimoramento aliado a um alto nível de disciplina. Isso não quer dizer que essas etapas possam garantir uma negociação bem-sucedida, mas certamente representam uma ótima ferramenta para melhorias.

Abaixo estão as sete regras principais para se tornar um trader de sucesso.

Regra 1: pare as emoções

É essencial que o profissional trabalhe com uma perspectiva de racionalidade e habilidade e não dê espaço às emoções. Até certo ponto, o comerciante deve estar disposto e ser capaz de aprender como se comportar contra a natureza humana. Em outras palavras, o profissional precisa saber como aproveitar o poder da consciência. De certa forma, é como inventar uma nova perspectiva, que pode dar a você a capacidade de ver o mercado de uma perspectiva diferente e, ao mesmo tempo, ser capaz de assumir a responsabilidade por suas ações.

Regra 2: visionário

Todo trader deve ser capaz de imaginar o resultado final e então seguir um conjunto de regras pré-estabelecidas para atingir esse objetivo. Para esta etapa, é importante que o profissional seja capaz de se livrar das suposições sobre si mesmo e esteja pronto para agir mais tarde, negligenciando as velhas ilusões.

Regra 3: mantenha a meta

É realmente importante que, no decorrer da construção da curva de capital e lucro, o profissional mantenha o objetivo. Não é incomum que, quando os traders atingem seus objetivos (ou se aproximam), eles explodem seus lucros. Este resultado deve-se mais ou menos ao facto de ao atingir os objectivos se entra numa “zona de conforto” e esta funciona como uma ferramenta de alívio e consequente perda de concentração. Portanto, os comerciantes devem aprender como se sentir confortáveis ​​com o sucesso.

É importante para o comerciante continuar a definir objetivos maiores e apoiar esta forma de negociação. O trader deve aprender a separar o que acontece no mercado de suas respostas emocionais, aceitar o medo de estar em uma área desconhecida com grande força de vontade e parar de tentar mudar esse novo estado. Em outras palavras, é preciso ser capaz de aceitar o desconhecido e abraçá-lo com as duas mãos. O profissional deve ter como objetivo chegar a um estágio em que não deve se concentrar no que os outros pensam dele. O trader não deve estar cercado por pensamentos sobre ganhar / perder, mas sim sobre a meta definida e como alcançá-la.

Negociar não é apenas diversão, mas um compromisso, onde as oportunidades são aproveitadas sem esforço com o único propósito de atingir objetivos.

Regra 4: maníaco por controle

O profissional deve entender que é impossível ter o controle do mercado. Ele deve ser capaz de se livrar da sensação de ser “melhor”, mas apenas aproveitar as oportunidades que o mercado oferece.

Este é o momento de se libertar de quaisquer medos que estão profundamente enraizados em sua consciência e começar a se comportar de forma realista, sem tentar controlar o mercado ou tentar prever eventos futuros.

Você deve aprender a lidar com o desejo interno de “prever” a direção do mercado e, em vez disso, seguir um plano de negociação . Em vez de ficar muito eufórico ou com medo, o trader deve estar pronto para a próxima operação, sem nem mesmo pensar nisso. O trader já sabe que algumas negociações serão lucrativas e outras perderão, mas isso não significa nada no longo prazo.

Regra 5: Domínio

A maestria é um estado mental psicológico em que não há medo ou desejo, apenas a possibilidade de existir. Um trader deve esvaziar seu ego e medo de si mesmo e se concentrar no objetivo maior, sem se preocupar com o que os outros estão pensando.

O profissional deve colocar todos os seus esforços no processo de mudança, ou se tornar o que é realmente capaz de se tornar. Em outras palavras, entrando no reino do desconhecido. O trader deve esquecer o perfeccionismo. Em vez disso, ele deve abraçar a imprevisibilidade do futuro. Como um operador de mercado bem-sucedido, você deve aprender a operar de uma nova maneira, que o mantenha inventando o caminho à medida que se move para a posição desejada, onde atingiu seus objetivos sem emoção.

Regra 6: seja honesto consigo mesmo

Para ser um bom operador de mercado, você precisa ser honesto consigo mesmo. Você tem que sair da dúvida e do medo da incerteza. Negociar com sucesso o força a agir fora da zona de conforto e ser capaz de aproveitar as oportunidades sempre que elas surgirem.

O profissional é capaz de alinhar a realidade com uma visão projetada conscientemente, em vez de crenças imaginárias. Ele deve ser capaz de ir além do passado e se concentrar em sua visão pura com disciplina e honestidade.

O trader de sucesso sabe que a melhor coisa a fazer quando os resultados não são consistentes com seus objetivos é ser completamente honesto consigo mesmo. Se as coisas não funcionarem como o esperado, não há razão para se sentir culpado, isso não é um reflexo de você, mas uma medida de onde você está em relação aos seus objetivos. Nessas circunstâncias, o operador de mercado bem-sucedido não culpa o “azar” ou o mercado, mas procura entender o que foi o erro e como ele poderia ser evitado.

Regra 7: controle a ansiedade e a euforia

O operador de mercado bem-sucedido sabe como gerenciar posições lucrativas e não permite que sentimentos de euforia entrem. Esses sentimentos podem ser tão destrutivos quanto sentimentos de medo e retraimento.

A ansiedade e a euforia podem desencadear um sentimento de culpa, ousadia e um relaxamento da disciplina, o que manterá o trader em uma situação difícil para atingir o objetivo final.

A satisfação deve vir do desenvolvimento e implementação da estratégia / expertise do negócio e não apenas dos lucros e perdas. Sentimentos de euforia são prejudiciais devido a outro fator: correr riscos desnecessários.

Voltar ao Topo