Benefícios

Serasa promove ação para consumidores para quitar dívidas com parcelamento a partir de R $ 9,90

A Serasa iniciou nesta segunda-feira (19) uma nova feira para quitação de dívidas de consumidores que têm nome sujo, com descontos de até 90% no valor devido.

A ação faz parte da plataforma Serasa Limpa Nome e conta com parcerias com mais de 50 empresas, entre elas, além de varejo, bancos e financeiras, telefônicas, faculdades e construtoras, entre outras. Os débitos vencidos podem ser parcelados entre R $ 9,90, R $ 19,90 e R $ 29,90.

Segundo a Serasa, de fevereiro a março de 2021, o número de inadimplentes no Brasil passou de 61,56 milhões para 62,56 milhões de pessoas. Os estados com maior inadimplência são São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e Paraná.

Ainda de acordo com a empresa, o endividamento médio dos consumidores inadimplentes é de R $ 3.903,73.

Segundo dados do Banco Central, os atrasos superiores a 90 dias – período de inadimplência – nos empréstimos bancários atingiram 2,3% em fevereiro, crescimento de 0,14 ponto em relação a dezembro, último mês de pagamento do primeiro socorro emergencial.

No final do ano, o indicador era de 2,12%, o menor valor da história.

Também houve aumento de 0,23 ponto percentual para a inadimplência de 15 para 90 dias, segundo dados do BC, que estavam em 3,08% em fevereiro. É o maior percentual desde maio do ano passado. Especialistas avaliam que a inadimplência tende a aumentar nos próximos meses, em função da crise provocada pelas medidas de distância social adotadas contra a pandemia do coronavírus.

“Sabemos da importância desse serviço em um momento tão difícil e queremos estar com os brasileiros nesse processo para uma vida financeira mais saudável”, afirma o gerente de marketing da Serasa, Matheus Moura.

A renegociação da dívida pode ser feita no site do feirão e, segundo a Serasa, pode ser fechada em menos de 3 minutos. O consumidor também pode negociar dívidas pelo aplicativo Serasa, pelo telefone 0800 591 1222 ou pelo WhatsApp (11) 99575-209.

A Serasa recomenda que priorize a negociação da dívida por meio digital, mas oferece a opção de negociação presencial, por meio dos Correios. Para isso, orienta o consumidor a seguir as orientações do Ministério da Saúde e acessar o site www.correios.com.br para saber o horário de funcionamento antes de ir a uma agência.

Voltar ao Topo