Offshore

SBM voltará às concorrências por FPSOs no Brasil

Um longo capítulo acaba de ser lançado na história da SBM Offshore no Brasil. Uma empresa holandesa pode oferecer oportunidades de negócios no Brasil, em especial no mercado de FPSOs, após uma homologação de seu acordo de leniência com o Ministério Público Federal (MPF) nesta semana.

A companhia informou ao mercado que o acordo foi aprovado pela Câmara de Combustão e Combate à Corrupção. Agora, a SBM e o MPF da Praça da República, a companhia holandesa para o processo de seleção de dados, em 2017. R $ 200 milhões.

Este acordo com o MPF soma-se a outros entendimentos que a empresa teve com as autoridades brasileiras e a Petrobrás. Para lembrar, a SBM também firmou um acordo com o Ministério da Transparência e Controle Geral da União (CGU), uma Advocacia-Geral da União (AGU) e a própria Petrobrás, com um pagamento total de multas de R $ 1,22 bilhão. . Em outubro, a empresa fez o pagamento de uma parcela de R $ 549 milhões à estatal brasileira.(Fonte)

Voltar ao Topo