Economia

Samarco irá retomar obras ainda em 2020 e tem previsão de geração de mais de 700 empregos para o Espirito Santo

A Samarco que está paralisada desde 2015 e  com 61% da preparação para a retorno das operações concluídas, do ramo de mineração a companhia informou que irá retomar parte de suas obras no Sul do Espírito Santo, com previsão de geração de mais de  700 oportunidades até o final de 2020.

A companhia informou, por meio do gerente-geral de operações da Samarco, Sérgio Mileipe, que a expectativa é de que a Usina de Ubu, situada em Anchieta, seja religada em dezembro deste ano.

“Tivemos problemas com a pandemia, mas conseguimos estabelecer controles rigorosos e estamos conseguindo manter a data de dezembro. Aqui em Ubu, estamos com 61% da preparação concluída”, informou o gerente em uma live realizada na última quinta-feira (09).

A empresa está com as atividades paradas desde novembro de 2015, quando ocorreu o rompimento da barragem de Mariana, em Minas Gerais.

Até  o momento 1,3 mil pessoas já foram contratadas para trabalharem na primeira Usina a ser religada, a empresa estima que até o final de 2020 o número chegue a 2 mil pessoas.

“Temos visto que o nível de aproveitamento de empresas locais está sendo muito bom. Temos bastante empresas do Estado, inclusive de Anchieta, Guarapari e Cachoeiro. Quanto às nossas contratações, até o momento estamos mantendo um nível de 80% de aproveitamento de residentes das áreas de influência direta da empresa”, informou o gerente da companhia.

R$ 80 milhões deverão ser investidos no mercado capixaba e as operações deverão atingir apenas 26% da capacidade da companhia, o que representa apenas quatro usinas em funcionamento,  Mileipe informou que outra usina deverá ser religada em 2026 e que a retomada total da empresa deverá ocorrer somente em 2030.

 

Voltar ao Topo