Benefícios

Saiba como escapar da fila da Caixa para receber atendimento emergencial 2021

Os beneficiários do atendimento emergencial 2021 que já tiveram seu dinheiro depositado na conta digital não precisam esperar até a data de liberação do saque para resgatar o valor ou esperar na fila das agências da Caixa.

O valor já creditado pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras pela internet ou em máquinas por meio do QR Code, que é um gerador de códigos que podem ser lidos pela câmera do celular.

Outra opção é utilizar fintechs (empresas de tecnologia financeira) que geram boletos e, assim, repassam e retiram o auxílio antes do prazo estipulado pela Caixa.

Você precisa criar uma conta com uma fintech e estar ciente das possíveis taxas de transação. Em seguida, gere um boleto e pague na conta Caixa Tem. O valor pago irá para a conta da fintech, onde poderá ser resgatado. A operação é amparada por legislação. O Banco Central autoriza as fintechs a usarem boletos para depositar contas digitais.

Quando o saque é compensado pela Caixa, o beneficiário também poderá utilizar o Pix, com transacção imediata, a partir da conta digital para movimentar o montante sem se deslocar a uma agência da Caixa.

Para os beneficiários do Bolsa Família com direito ao atendimento, o saque é liberado no mesmo dia do crédito, com o mesmo cartão que já utilizam para receber o benefício mensal. Quem tiver o NIS com final 1 pode desistir a partir desta sexta-feira (16).

Os recursos não sacados da conta do Bolsa Família ou da poupança social digital e não utilizados no prazo de 120 dias serão devolvidos aos cofres da União.

O beneficiário que tem o Caixa Bloqueado tem que se dirigir a uma agência para regularizar a situação. As unidades da Caixa funcionam das 8h às 13h e é necessário o documento de identidade com foto para desbloquear o aplicativo.

Ajuda na Pandemia | Dinheiro na mão

  • A partir desta sexta-feira (16), integrantes do Bolsa Família elegíveis ao atendimento emergencial se juntam aos demais beneficiários para receber até R $ 375
  • Para fugir das filas nas agências da Caixa e do risco de contaminação do coronavírus, e antecipar o resgate do valor, a alternativa é movimentar o valor pelo Caixa Tem

Transferência para outros bancos

  • Os beneficiários do Bolsa Família podem sacar e transferir o valor no mesmo dia da liberação pela Caixa
  • Outros beneficiários devem aguardar a data de liberação do saque
  • É possível transferir o atendimento emergencial Caixa Tem para qualquer conta. Não há taxa
  1. Acesse o Caixa Tem por meio de senha e CPF
  2. Clique na opção “Transferir dinheiro”
  3. Escolha como deseja transferir o valor
  4. Selecione o banco para o qual deseja transferir
  5. Informar a agência, sem o dígito
  6. Clique na seta azul para prosseguir
  7. Insira o número da conta, sem zeros à esquerda e o dígito
  8. Agora, digite o dígito
  9. Diga-nos para qual tipo de conta você está transferindo dinheiro
  10. Insira o CPF do titular da conta que receberá o valor
  11. Digite o nome completo do titular, sem acentos
  12. Insira o valor que deseja transferir
  13. Verifique as informações e confirme

Usando ou Pix

O destinatário da ajuda de emergência 2021 pode usar um novo sistema que permite fazer pagamentos ou transferir dinheiro para outra pessoa ou empresa em menos de dez segundos.

  1. Acesse a opção “Pix”, no menu principal do Caixa Tem
  2. Cadastre uma chave, que pode ser o seu CPF, seu e-mail, seu celular ou um número aleatório gerado pelo sistema

Atenção!

O cadastro pode ser feito a qualquer momento, mas o repasse do valor só será autorizado quando chegar a data do saque do parcelamento.

Antecipe o repasse – para quem não é do Bolsa Família

As Fintechs (empresas de tecnologia financeira) possibilitam ao beneficiário do auxílio emergencial o repasse do valor antes da data prevista para a liberação do saque

  1. Abra uma conta digital em fintechs como PicPay, Mercado Pago, PagBank ou Nubank
  2. Acesse a opção “gerar boleto” no aplicativo fintech escolhido
  3. Insira o valor do depósito (não pode ser maior que o saldo)
  4. Emitir o boleto, que já está em nome do próprio beneficiário
  5. Copie o código de barras
  6. Acesse o aplicativo Caixa Tem e vá em “efetuar pagamentos”
  7. Pague a conta na Caixa Tem

Fique atento!

Algumas fintechs cobram uma taxa pela operação

Quando procurar a caixa

Beneficiário com Caixa Bloqueado precisa se deslocar a agência da Caixa, com foto de identidade , para regularizar a situação

Na agência, os dados serão devidamente identificados e atualizados, garantindo a segurança do usuário

Situações que bloqueiam o aplicativo

  • Alteração do número do celular ou dispositivo de acesso ao Caixa Tem
  • Beneficiário esqueceu a senha do aplicativo Caixa Tem e perdeu o acesso ao e-mail cadastrado para recuperação de senha
  • Ter o CPF cadastrado em mais de uma linha no mesmo aparelho (vários chips de linha pré-paga, por exemplo)

Dúvidas

A central telefônica 111 CAIXA funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h.

Também existe o site https://www.caixa.gov.br/auxilio e redes sociais:

Fique ligado nas programações da agência

As agências da Caixa funcionam das 8h às 13h , com atendimento prioritário para os seguintes serviços essenciais:

  • Saque sem cartão INSS
  • INSS Prova de Vida
  • Seguro desemprego
  • Pensão familiar
  • Pagamento de Salário
  • FGTS
  • Pedido DPVAT
  • Pagamento de Loteria
  • Pagamento de precatórios e licenças legais
  • Abrindo contas
  • Exclusão CCF
  • Desbloqueio de cartão

Cuidado com os golpes

  • Não clique em links recebidos por SMS, WhatsApp ou redes sociais para acessar contas e recebíveis
  • Mantenha o app Caixa Tem do seu celular atualizado
  • Use apenas canais oficiais da Caixa
Voltar ao Topo