Petróleo

Royalties do petróleo sobem para 25% da receita do Rio

A economia do estado do Rio de Janeiro já sofre grande influência dos royalties do petróleo. Cidades da Região dos Lagos, como Campos e Macaé, têm grande espaço em suas receitas com este recurso. Com uma nova onda de exploração dos recursos do pré-sal, o estado deve se beneficiar e manter sua dependência da atividade de petróleo e gás. Pelas projeções orçamentárias, nos próximos anos os royalties vão aumentar ainda mais sua presença no faturamento total carioca. A participação aumentará de 20% em 2019 para 25% entre 2021 e 2023.

No entanto, há dúvidas sobre como esses recursos serão distribuídos. A liminar que suspendeu os efeitos da Lei dos Royalties será julgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em dezembro. O texto prevê queda nas receitas para os estados produtores e aumento para os não produtores.

Voltar ao Topo