Energia

Rosatom instala simulador para treinar operações em usina nuclear

Rosatom instala simulador para treinar operações em usina nuclear

A Rosatom informou que o simulador em escala real Instalado  na unidade 4 da usina nuclear de Beloyarsk, na Rússia, passou em testes de aceitação na operação simulada de reator de nêutrons rápido BN-800.  A operação do reator iniciou com 100% de energia na sua primeira vez ligada, em agosto de 2016.

A unidade de 789 MWe é abastecida por uma mistura de óxidos de urânio e plutônio dispostos para produzir material combustível novo à medida que queima. Sua capacidade excede a do segundo  reator  mais potente do mundo,  os 560 MWe BN-600 Beloyarsk 3.

O simulador que replica com precisão, foi desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa Russo para a Operação da Usina Nuclear, na Planta Eletromecânica dos Urais, e o software,  pela ENIKO TSO.

A empresa informou que os operadores de usinas nucleares devem ser capazes de operar sob todas as condições, assim os funcionários da fábrica recebem 144 horas de treinamento por ano, das quais 80 horas serão gastas no novo simulador. O uso de um simulador em grande escala expande enormemente a experiência do pessoal, permitindo-lhes analisar várias situações operacionais sob a orientação de instrutores experientes, disse a empresa.

Voltar ao Topo