Notícias

Rio um passo mais perto do acordo de energia Oyu Tolgoi

Um acordo de estrutura de fonte de energia (PSFA) foi assinado com o governo da Mongólia sobre a mina de cobre / ouro Oyu Tolgoi, delineando um caminho para garantir energia confiável e de longo prazo para a operação.

“Vamos agora trabalhar em conjunto com todos os parceiros da Oyu Tolgoi para finalizar os detalhes e desenvolver o projeto de energia que ajudará a garantir que a operação atinja todo o seu potencial para o benefício de todos os acionistas”, disse Arnaud Soirat, CEO da Rio Tinto Copper & Diamonds. 

O acordo estabelece um cronograma alterado para que Oyu Tolgoi cumpra sua obrigação de fornecer energia doméstica, e não de suas fontes chinesas atuais.

O Rio disse nesta semana que a usina de 300 MW será de propriedade majoritária da Oyu Tolgoi e ficará próxima às jazidas de carvão de Tavan Tolgoi, que tem uma reserva estimada de 6 bilhões de toneladas de carvão.

A construção da usina está prevista para começar em 2020 após estudos extensivos, com o comissionamento da usina em meados de 2023. 

A expansão subterrânea de Oyu Tolgoi de US $ 5,3 bilhões seria concluída até 2022.

Voltar ao Topo