Benefícios

Quando vai sair o Décimo terceiro do Bolsa Família 2020?

Nos últimos anos o governo vem criando cada vez mais políticas públicas voltadas a atender e auxiliar a população. Um dos programas mais bem sucedidos e conhecidos nacionalmente é o Bolsa Família.

O bolsa família tem como objetivo, direcionar um determinado valor a alguns grupos mais marginalizados da sociedade. Essa iniciativa visa a emancipação dessas pessoas e dessa forma, garantir a elas mais oportunidades.

Durante esse momento de pandemia, o programa sofreu uma leve alteração em seu funcionamento normal. Essa mudança diz respeito a criação de uma décima terceira parcela que irá ser paga aos beneficiários.

Se você é beneficiário do programa de renda e quer saber quando irá receber seu pagamento da décima terceira parcela, então fique atento as informações a seguir. Neste texto iremos falar um pouco mais sobre essa pequena alteração.

Após alguns meses de debates, foi confirmada a continuidade do pagamento do décimo terceiro salário do bolsa família. O pagamento será realizado por meio de duas parcelas.

De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, a iniciativa passará a fazer parte da lei orçamentária (LOA) a partir do ano de 2020. A lei LOA é um planejamento anual que indica quanto e onde o orçamento anual público deve ser gasto.

Por conta disso, iniciativas que visem o amparo da população durante momentos críticos como esse devem fazer parte do planejamento orçamentário. Dessa forma, o país estará mais bem preparado para essas situações.

A iniciativa tem como objetivo, a garantia de suporte aos trabalhadores que foram afastados de seus empregos durante a pandemia. Se você deseja consultar o calendário de pagamento do benefício preste atenção nas informações abaixo:

Bolsa Família: Quem tem direito ao décimo terceiro?

Calendário de pagamentos décimo terceiro do bolsa família

Os trabalhadores irão receber o benefício de acordo com o último dígito do número do NIS. Por isso, é necessário estar atento ao calendário de pagamento do benefício. Vejamos:

Pagamentos da primeira parcela:

Número NIS com final 1 – receberá dia 17/11
Número NIS com final 2 – receberá dia 18/11
Número NIS com final 3 – receberá dia 19/11
Número NIS com final 4 – receberá dia 20/11
Número NIS com final 5 – receberá dia 23/11
Número NIS com final 6 – receberá dia 24/11
Número NIS com final 7 – receberá dia 25/11
Número NIS com final 8 – receberá dia 26/11
Número NIS com final 9 – receberá dia 27/11
Número NIS com final 0 – receberá dia 30/11

Pagamento da segunda parcela:

Número NIS com final 1 – receberá dia 10/12
Número NIS com final 2 – receberá dia 11/12
Número NIS com final 3 – receberá dia 14/12
Número NIS com final 4 – receberá dia 15/12
Número NIS com final 5 – receberá dia 16/12
Número NIS com final 6 – receberá dia 17/12
Número NIS com final 7 – receberá dia 18/12
Número NIS com final 8 – receberá dia 21/12
Número NIS com final 9 – receberá dia 22/12
Número NIS com final 0 – receberá dia 23/12

Quem terá direito a receber o décimo terceiro do bolsa família?

Terão direito a receber o décimo terceiro do benefício aqueles que, neste ano, receberam pelo menos cinco parcelas seguidas do bolsa família. Além de alguns cidadãos que cumpram alguns dos requisitos listados abaixo. São eles:

Famílias que façam parte de uma situação de extrema pobreza, onde a renda per capita (por pessoa) não ultrapasse o valor de 89,90 reais;

Famílias que se encontrem em condição de extrema pobreza ou de pobreza e que façam parte da família: gestantes, mulheres que estejam amamentando ou que tenham filhos de até 15 anos de idade;

Famílias que possuam em seu núcleo familiar crianças de até 15 anos;

Gestantes, lembrando que elas possuem o direito de receber até nove meses do bolsa família;

Famílias que possuam em seu núcleo familiar crianças de até 6 meses de idade, lembrando que nesse caso possuem o direito de receber até 6 parcelas mensais do bolsa família;

Famílias com adolescentes entre 16 e 17 anos de vida também poderão receber o décimo terceiro do benefício;

Famílias que se encontrem em situação de carência quase primitiva, ou seja, consideradas em zona de extrema pobreza.

Lembrando que, a criação de uma décima terceira parcela do bolsa família tem como seu principal objetivo auxiliar a população durante esse momento de calamidade pública.

Essas iniciativas estão sendo criadas a partir da lei N° 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. De acordo com essa medida, serão adotados novos programas que auxiliem a população durante o enfrentamento de situações de emergência sanitária.

Vale ressaltar que, a lei também prevê a alteração de políticas públicas já criadas para que dessa forma possam atender melhor os cidadãos. Esse é o caso do bolsa família que teve a criação de uma décima terceira parcela.

Agora é só ficar atento as datas de pagamento e ir receber seu benefício. Em caso de demais dúvidas basta acessar o site da Caixa.

Voltar ao Topo