Benefícios

Quando será liberado o décimo terceiro do bolsa família 2020

O décimo terceiro do bolsa família já está liberado para os beneficiários. Logo, estamos falando que terá direito ao benefício aqueles que estão requerendo o Bolsa Família, durante pelo menos 1/2 dos meses do período de contagem, que em 2019 foi de 29/03 a 31/01 de 2020.

Portanto, receberá o décimo terceiro quem requereu pelo menos cinco das 10 parcelas oferecidas. Sendo que, não há necessidade dessas, serem seguidas.

Contudo, poderá requerer o dinheiro do décimo terceiro, aqueles brasileiros que apresentam os seguintes requisitos:
Benefício em plano Básico: Famílias que estão passando pela extrema pobreza, sendo a renda mensal por membro de até: R$ 89,00;

Benefício em plano Variável: Famílias que vivem momentos considerados de extrema pobreza ou pobreza. Nesse contexto estão mulheres grávidas, mães no período de amamentação, ou mães de crianças de idade entre 0 a 15 anos;

Benefício Variável para crianças 0 a 15 anos: esse especificamente atendente Famílias que tenha membros de 0 a 15 anos;

Benefício Variável a melhores gestante: mulheres em período de gestação tem o direito de pegar até 9 parcelas do bolsa família, a contar o dia inicial do primeiro pagamento;

Benefício em plano Nutriz: Famílias que tenham crianças recém nascidas de 0 a 6 meses de idade. Assim, o bolsa família pode ser pago em até 06 parcelas mensais.

Para contemplar nesse caso, a criança deve estar inscrita no Cadastro Único da cidade, até no máximo o sexto mês de vida;

Benefício para Jovens: Famílias com adolescentes, cujo a idade esteja entre 16 e 17 anos;

Auxílio para Superação da Extrema Pobreza: Famílias que estejam passando por um momento de carência quase primitiva, assim estando na extrema pobreza.

Como será feito o pagamento do décimo terceiro bolsa família?

Tão esperado pelo público, o décimo quarto saiu com tudo muito bem organizado. Logo, ele será pago em duas parcelas recheadas e já apresenta um calendário oficial.

O calendário assim como os demais apresentados pelo governo, seguem a lógica do NIS. De modo que, o último número é o que determina sua data para sacar os respectivos valores.Para saber quanto você irá receber, basta entrar no seu aplicativo pessoal, do bolsa família. Assim, todas as informações serão fornecidas sem maiores transtornos.

O presidente Jair Bolsonaro, em conjunto com o os apoiadores do governo, já início os pagamentos. Em suma, alguns estados já estavam recebendo a partir do dia 12 de outubro. A princípio, essa é a primeira parcela requerida.
Abaixo vamos anexar o calendário de datas oficiais para o pagamento do décimo terceiro, para beneficiários do bolsa família:

1° Parcela

Pessoas com NIS em final 1 – recebe a primeira parcela em 17/11

Pessoas com NIS em final 2 – recebe a primeira parcela em 18/11

Pessoas com NIS em final 3 – recebe a primeira parcela em 19/11

Pessoas com NIS com final 4 – recebe a primeira parcela em 20/11

Pessoas com NIS em final 5 – recebe a primeira parcela em 23/11

Pessoas com NIS em final 6 – recebe a primeira parcela em 24/11

Pessoas com NIS em final 7 – recebe a primeira parcela em 25/11

Pessoas com NIS em final 8 – recebe a primeira parcela em 26/11

Pessoas com NIS em final 9 – recebe a primeira parcela em 27/11

Pessoas com NIS em final 0 – recebe a primeira parcela em 30/11

2° Parcela

Pessoas com NIS em final 1 – recebe em 10/12

Pessoas com NIS em final 2 – recebe em 11/12

Pessoas com NIS em final 3 – recebe em 14/12

Pessoas com NIS em final 4 – recebe em 15/12

Pessoas com NIS em final 5 – recebe em 16/12

Pessoas com NIS em final 6 – recebe em 17/12

Pessoas com NIS em final 7 – recebe em 18/12

Pessoas com NIS em final 8 – recebe em 21/12

Pessoas com NIS em final 9 – recebe em 22/12

Pessoas com NIS em final 0 – recebe em 23/12

O décimo terceiro salário, é uma oportunidade para ajudar as famílias que estão vivendo condições críticas. De modo que, sabe-se que A pandemia aumentou o número de pessoas com essa necessidade.

Caso ainda não tenha direito, é possível entrar em contato com o CadÚnico e ver as possibilidades de auxílio. Sendo que, somente será necessário ter em mãos seus documentos pessoais.

Voltar ao Topo