Offshore

PXGEO conclui programa 4D OBN para a Petrobras no Brasil

PXGEO fecha novo contrato de pesquisa offshore no Brasil

A empreiteira de sísmica marítima PXGEO concluiu o programa Sapinhoa ​​4D Baseline de nós de fundo oceânico nas águas profundas da Bacia de Santos, offshore do Brasil, para o consórcio BMS-9, que é controlado pela Petrobras.

O projeto de quatro meses, que usou a tecnologia Manta OBN da PXGEO, foi pontual no final de outubro de 2021.

“As medidas de mitigação PXGEO COVID-19 foram totalmente eficazes ao longo do projeto na prevenção da exposição de pessoal offshore.”, Disse a PXGEO.

A PXGEO impulsionou sua arena de capacidades OBN por meio da aquisição em junho de 2021 da subsidiária da Fugro, Seabed Geosolutions , uma empresa especializada em pesquisas de nós do fundo do oceano.

A aquisição incluiu um inventário substancial de nós do fundo do oceano, equipamentos de manuseio, tecnologia relacionada, propriedade intelectual, pessoal e carteira de projetos.  

O programa concluído, anunciado na sexta-feira , foi garantido pela Seabed Geosolutions antes de ser adquirido pela PXGEO.

Além disso, a PXGEO no início deste mês disse que havia recebido mais trabalho de pesquisa do nó do fundo do oceano pela Petrobras. A PGXEO informou que o projeto teria início no segundo trimestre de 2022. O contrato durará cerca de três meses. Nenhum detalhe financeiro foi compartilhado.

 PXGEO OBN – Imagem do arquivo: PXGEO

Voltar ao Topo