Energia

Prumo, BP e Siemens firmam parceria com a SPIC em projetos de energia no Brasil

A Prumo, uma empresa privada brasileira controlada pela EIG Global Energy Partners, bp e Siemens, assinou um acordo vinculante com a SPIC Brasil. Pelo acordo, a SPIC adquirirá inicialmente 33% dos projetos GNA I e GNA II de GNL para energia, localizados no Porto do Açu, no Rio de Janeiro. 

A SPIC também firmou um acordo para participar dos futuros projetos de expansão GNA III e GNA IV, que deverão ser abastecidos por uma combinação de GNL e gás doméstico das vastas reservas do pré-sal do Brasil.

O fechamento do contrato, previsto para o quarto trimestre de 2020, está sujeito ao cumprimento de algumas condições precedentes usuais a este tipo de operação, entre outras.

GNA I e GNA II é o maior projeto de gás para energia da América Latina, com 3 GW de capacidade instalada – o suficiente para fornecer energia para até 14 milhões de residências. O complexo também inclui um terminal de GNL com capacidade total de 21 milhões de m 3 / dia. O GNA I, com capacidade instalada de 1,3 GW, deve entrar em operação no primeiro semestre de 2021.

O acordo aumenta o potencial para os projetos de expansão GNA III e GNA IV, a estratégia de hub de gás doméstico e projetos de energias renováveis. O investimento total estimado planejado no complexo de gás e energia da GNA é de aproximadamente US $ 5 bilhões.

A contribuição da SPIC Brasil para esta parceria está centrada em sua experiência em estratégia de operação e gerenciamento de projetos no Brasil. A Siemens – por meio de seu braço financeiro, Siemens Financial Services, e em estreita cooperação com a Siemens Energy – contribuirá com capital, tecnologia inovadora e sua experiência no gerenciamento de projetos semelhantes. 

Além disso, a bp contribuirá com seu portfólio global de GNL atuando como um fornecedor-chave de gás integrado e inovador, e a Prumo contribuirá com toda a infraestrutura portuária, operações, desenvolvimento de projetos e integração. A parceria facilita a expansão de diversos projetos e demonstra o compromisso de concretizar os investimentos que estão em desenvolvimento.

A BofA Securities and Lakeshore Partners atuou como consultores financeiros da GNA e seus patrocinadores. O Itaú BBA atuou como assessor financeiro exclusivo da SPIC. Mattos Filho atuou como assessor jurídico da GNA e de seus patrocinadores. Trench Rossi Watanabe atuou como consultor jurídico da SPIC.

Siemens AG (Berlim e Munique) é uma potência tecnológica global que se destaca por excelência em engenharia, inovação, qualidade, confiabilidade e internacionalidade por mais de 170 anos. A empresa atua em todo o mundo, com foco nas áreas de geração e distribuição de energia, infraestrutura inteligente para edifícios e sistemas de energia distribuída e automação e digitalização nas indústrias de processo e manufatura. 

Por meio da empresa gerenciada separadamente Siemens Mobility, fornecedora líder de soluções de mobilidade inteligente para transporte ferroviário e rodoviário, a Siemens está moldando o mercado mundial de serviços de passageiros e carga. 

Devido às suas participações majoritárias nas empresas de capital aberto Siemens Healthineers AG e Siemens Gamesa Renewable Energy, A Siemens também é fornecedora líder mundial de tecnologia médica e serviços digitais de saúde, bem como soluções ecológicas para geração de energia eólica onshore e offshore. 

No ano fiscal de 2019, encerrado em 30 de setembro de 2019, a Siemens gerou receita de € 86,8 bilhões e lucro líquido de € 5,6 bilhões. No final de setembro de 2019, a empresa tinha cerca de 385.000 funcionários em todo o mundo. Mais informações disponíveis na Internet emwww.siemens.com .

Siemens Financial Services (SFS) – o braço financeiro da Siemens – fornece soluções financeiras business-to-business. Uma combinação única de experiência financeira, gerenciamento de risco e know-how do setor permite que a SFS crie soluções financeiras inovadoras sob medida. Com isso, o SFS facilita o crescimento, cria valor, aumenta a competitividade e ajuda os clientes a acessar novas tecnologias. A SFS apóia investimentos com financiamento e leasing de equipamentos, empréstimos corporativos, investimentos de capital e financiamento de projetos e estruturados. Soluções de financiamento de contas a receber e negócios completam o portfólio SFS. Com uma rede internacional, a SFS está bem adaptada aos requisitos legais específicos de cada país e é capaz de fornecer soluções financeiras globalmente. Na Siemens, a SFS é uma consultora especializada para riscos financeiros. A Siemens Financial Services tem sua sede global em Munique, Alemanha, e quase 3,www.siemens.com/finance .

SPIC Brasil , subsidiária da State Power Investment Corporation (SPIC), uma empresa global de geração de energia e projetos relacionados. No Brasil, isso se traduz na união entre a expertise e solidez financeira de um grande grupo chinês e o pioneiro australiano com mais de 20 anos de experiência em energias renováveis. 

Atualmente, a SPIC Brasil opera a Usina Hidrelétrica São Simão, na divisa dos estados de Minas Gerais e Goiás, o Parque Eólico Millennium e o Parque Eólico Vale dos Ventos na Paraíba. No Brasil, a empresa emprega cerca de 160 funcionários, localizados em São Paulo (SP), Natal (RN), São Simão (GO) e Mataraca (PB). A SPIC Global tem capacidade instalada total de 151 GW. Possui mais de 130.000 funcionários nos 64 países em que opera.

A Prumo é o grupo econômico multiempresarial responsável pelo desenvolvimento estratégico do Porto do Açu. Somos controlados pelo EIG Global Energy Partners, um fundo com sede nos Estados Unidos focado em energia e infraestrutura, e pela Mubadala Investment Company, um investidor ativo e inovador que aloca capital em uma variedade de segmentos.

Por meio das 6 empresas do Grupo (Porto do Açu Operações, Ferroport, Açu Petróleo, GNA, Dome e BP Prumo) e de nossos clientes e parceiros, o Porto do Açu atende os segmentos de petróleo e gás, logística portuária e mineração. Sua infraestrutura tem potencial ímpar para suportar novos negócios e diversos nichos industriais.

Orientado pela perspectiva estratégica da Prumo, Açu é hoje um dos maiores e mais promissores empreendimentos do Brasil. Com segurança e eficiência operacional aliadas à força da visão de longo prazo do Grupo e à proximidade das principais bacias de exploração de petróleo, Açu se consolida na melhor solução para as demandas mais desafiadoras.

A bp é uma empresa de energia integrada com operações na Europa, América do Norte e do Sul, Australásia, Ásia e África. Atuamos em 79 países. Com mais de 100 anos de experiência mergulhada no mundo da energia, entendemos profundamente os mercados de energia e desenvolvemos capacidades únicas em comércio, marketing, tecnologia e inovação. O novo propósito da bp é reimaginar a energia para as pessoas e nosso planeta – para que a bp se torne uma empresa zero líquido até 2050 ou antes, e para ajudar o mundo a chegar ao zero líquido.

EIG Global Energy Partners (“EIG”), é um investidor institucional líder no setor de energia global com US $ 22,9 bilhões sob gestão em 30 de junho de 2020. EIG é especializada em investimentos privados em energia e infraestrutura relacionada à energia em uma base global. 

Durante sua história de 38 anos, a EIG comprometeu mais de US $ 34,2 bilhões para o setor de energia por meio de mais de 360 ​​projetos ou empresas em 36 países em seis continentes. Os clientes da EIG incluem muitos dos principais planos de pensão, seguradoras, doações, fundações e fundos de riqueza soberana nos EUA, Ásia e Europa. A EIG está sediada em Washington, DC, com escritórios em Houston, Londres, Sydney, Rio de Janeiro, Hong Kong e Seul. Para obter informações adicionais, visite o site do EIG em www.eigpartners.com .

Voltar ao Topo