Energia

Projeto solar Voltalia de 60 MW entra no esquema REIDI do Brasil

O Brasil permitiu que o projeto fotovoltaico de 60 MW da Serra do Mel I, de propriedade da Voltalia Energia do Brasil Ltda., Ingresse no Regime Nacional de Incentivo ao Desenvolvimento de Infraestrutura (REIDI) e emita debêntures de infraestrutura.

Depois de poder entrar no REIDI, a unidade local da empresa francesa de renováveis ​​Voltalia SA (EPA: VLTSA) investirá BRL 202,9 milhões (US $ 38,5 milhões / EUR 35,5 milhões) na construção da planta, economizando um pouco mais de BRL 20 milhões. A instalação fotovoltaica entrará em construção em 4 de março de 2024, com operação comercial completa planejada para 15 de dezembro de 2024.

Por estar localizado no município de Serra do Mel, no estado do Rio Grande do Norte, o parque solar será composto por 60 unidades geradoras com 1 MW de capacidade individual. Ele também tem o status de um projeto prioritário, necessário para acelerar sua implementação.

O REIDI, lançado em 2007, concede incentivos fiscais para empresas que investem em projetos de infraestrutura nos setores de transporte, energia, saneamento e irrigação.

Voltar ao Topo