Notícias

Projeto de lei atrairá investimento estrangeiro, diz grupo de mineração colombiano

O principal grupo colombiano de mineração da Colômbia disse nesta segunda-feira que está otimista que uma nova lei fiscal que inclua um corte nos impostos corporativos ajude a atrair mais investimentos estrangeiros, permitindo que as empresas aumentem a exploração e a produção nos próximos anos.

O projeto de lei, conhecido como lei do financiamento, propõe uma redução gradual dos impostos sobre as empresas para 30% até 2022 dos atuais 35%, bem como uma nova restituição de imposto sobre vendas de 19% para bens de capital como máquinas.

“Essa lei, promessa de campanha, ajuda a garantir a competitividade da indústria que compete na região com países como Peru e Chile por atrair investimentos”, disse Santiago Angel , chefe da Associação Mineira da Colômbia, a jornalistas em Bogotá.

O plano do presidente Ivan Duque de reduzir os impostos sobre as empresas, ao mesmo tempo em que aumentava a classe média e acrescentava impostos a alimentos básicos, provocou fortes críticas dos parlamentares da oposição e pode ficar diluído à medida que passa pelo Congresso colombiano.

Impostos altos, insegurança jurídica e protestos sociais têm sido, durante anos, um entrave à expansão do setor de mineração, responsável por 33% do valor total das exportações do país.(Fonte).

Voltar ao Topo