Economia

Produção industrial cai inesperadamente, destacando a fraqueza do PIB no primeiro trimestre

A produção industrial no Brasil caiu em fevereiro pela primeira vez em 10 meses, mostraram os números nesta quinta-feira, uma queda inesperada que reforça a visão crescente de que a maior economia da América Latina encolheu no primeiro trimestre.

A queda de 0,7% na produção industrial em fevereiro foi significativamente mais fraca do que a estimativa mediana em uma pesquisa da Reuters com economistas de um aumento de 0,4%, enquanto o aumento anual de 0,4% ficou bem abaixo da previsão da pesquisa de crescimento de 1,5%.

A agência de estatísticas IBGE disse que os principais fatores foram a queda de 7,2% na produção de automóveis e autopeças no mês, e uma queda de 4,7% na produção de mineração, informou a agência de estatísticas IBGE.

Três das quatro principais categorias tiveram queda na produção em fevereiro, com queda de 4,6% na produção de bens duráveis, enquanto dos 26 segmentos da indústria pesquisados, 14 registraram queda na produção, informou o IBGE.

O setor industrial brasileiro em fevereiro foi 2,8% maior do que em fevereiro do ano passado, pouco antes da erupção da pandemia global COVID-19, disse o IBGE, mas ainda é 13,6% menor do que seu pico em maio de 2011.

Voltar ao Topo