Óleo e Gás

Produção de óleo da Petrobras segue estável em paradas de manutenção

gas petrobras

A Petrobras apresentou na quinta-feira números de produção estáveis ​​no segundo trimestre, como o ramp-up de algumas das principais plataformas foi em grande parte compensado por paradas para manutenção e desinvestimentos.

Em nota fiscal, a Petrobras informou ter produzido 2,796 milhões de barris de óleo equivalente por dia no período, uma queda de 0,2% em termos anuais e um aumento de 1,1% em relação ao primeiro trimestre.

A produção de petróleo foi de 2,226 milhões de barris por dia, queda de 0,8% em relação ao mesmo período do ano anterior e alta de 1,4% em termos trimestrais.

Aumentos em andamento em duas plataformas principais, conhecidas como P-68 e P-70, aumentaram esses números, disse a Petrobras.

Os números da produção foram atingidos, no entanto, por paralisações em vários campos na Bacia de Campos offshore, bem como em alguns ativos de águas rasas e onshore. A alienação do campo de Frade da empresa também atingiu os números da empresa em termos anuais, disse a Petrobras.

No processo, a empresa observou um forte crescimento na demanda doméstica por gasolina e diesel durante o trimestre.

As vendas internas de diesel aumentaram 11,4% em termos trimestrais e 28,8% em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto as vendas de gasolina no Brasil aumentaram 12,7% em relação ao primeiro trimestre e 36,9% em termos anuais. Além do afrouxamento progressivo das restrições relacionadas ao coronavírus, a Petrobras citou mudanças nas exigências de mistura de etanol e um programa temporário de redução de impostos como catalisadores positivos.

Em termos de exportações, a Petrobras disse que aumentou as vendas de petróleo para a América Latina, Estados Unidos, Europa e Índia durante o segundo trimestre, enquanto as vendas para a China diminuíram.

Voltar ao Topo