Últimas Notícias

Prefeitura de Volta Redonda esclarece sobre a oferta de 1,5 mil empregos

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães, falou sobre informações equivocadas que vêm sendo divulgadas nas redes sociais a respeito do “Mutirão do Emprego” em que candidatos a cerca de 1.500 vagas em aberto na cidade serão colocados diretamente em contato com as empresas que estão admitindo. O secretário destacou que as informações falsas podem tanto fazer com pessoas deixem de ir ao evento, perdendo oportunidades, quanto que tenham expectativas exageradas sobre o que realmente ocorrerá. O mutirão será realizado das 8 às 17 horas desta quarta (1º), na Ilha São João, em Volta Redonda.

Emprego não sairá na hora

Joselito destacou que a informação de que as pessoas já sairiam da Ilha São João empregadas é falsa: “O objetivo do evento é aproximar, conectar as empresas e os candidatos que buscam uma colocação no mercado de trabalho. Haverá uma triagem para verificação do perfil do candidato, que será encaminhado para as entrevistas com profissionais de recursos humanos das empresas que estarão em estandes no evento. A partir de então, cada empresa decidirá como será o processo, de acordo com o seu ritual de admissão”, afirmou o secretário.

Na maioria dos casos, as vagas demandam verificação de conhecimentos e habilidades técnicas que não poderia ser feitas durante o mutirão. Além disso, qualquer admissão exige ainda que o candidato passe por um exame médico, e fazer isso seria muito difícil durante o evento.

Para se cadastrar, o candidato deverá levar cópias da identidade, CPF e um currículo atualizado. A prefeitura disponibilizará um setor de RH que fará uma triagem dos candidatos e, de acordo com o perfil, ele será encaminhado para o estande da empresa que está disponibilizando a vaga.

Pagamento de taxa

O secretário destacou ainda que não haverá qualquer tipo de cobrança das pessoas que forem ao local se candidatar a um emprego. O evento será completamente gratuito.

Local de residência

Ao contrário do que foi dito em grupos de redes sociais, não haverá nenhum tipo de diferenciação no tratamento dos candidatos por causa da cidade onde residem. Moradores de qualquer cidade poderão se candidatas às vagas.

Apelo

Joselito Magalhães apelou para que as pessoas evitem ir cedo demais para o local onde será realizado o mutirão: “Não há necessidade de se aglomerar cedo no local. Haverá mais de 400 pessoas para entrevistar e selecionar os candidatos de acordo com suas qualificações. Nossa expectativa é que as pessoas sejam encaminhadas às vagas existentes. Desejamos boa sorte a todos!”, disse Joselito.

Participação da CDL

A CDL-VR (Câmara de Dirigentes Lojistas de Volta Redonda) levará no dia 1º de maio, quarta-feira, Dia do Trabalhador, o estande da Central de Empregos, para a ação da prefeitura, que disponibilizará mais de 1.500 vagas para a população. O 1º Mutirão de Empregos, será de graça, na Ilha São João, de 8 às 17 horas. Por meio da Central de Empregos, a CDL de Volta Redonda vai divulgar vagas disponíveis no comércio de bens e serviços, fazendo também o cadastrado de candidatos para essas oportunidades.

Uma psicóloga da Central de Empregos realizará a entrevista na hora e, caso a pessoa se encaixe na solicitação do empregador, será encaminhada para a empresa.

Para o presidente da CDL-VR, Gilson de Castro, a iniciativa da prefeitura vem unir a necessidade das empresas em ter num só lugar, diversos candidatos às vagas disponíveis e também a oportunidade para quem está em busca de uma colocação no mercado de trabalho. “Para as empresas é bom, porque vai poder ampliar seu banco de currículos num único dia e descobrir profissionais em potencial para ocupar a vaga existente. Já para o trabalhador, facilita a entrega dos currículos e o cadastro, porque terá apenas um deslocamento, uma vez que muitas empresas estão participando. A proposta é bem interessante e achamos importante participar”, afirmou.

O objetivo do Mutirão de Empregos é estimular a empregabilidade e o desenvolvimento de carreira, fomentando a aproximação entre as empresas e os trabalhadores, segundo a prefeitura. “O evento ajudará a identificar as oportunidades e as necessidades de cada segmento como qualificação profissional e em geral o desenvolvimento de competências, através de oficinas que serão desenvolvidas por empresas e pela prefeitura”, acrescentou Gilson. ( Fonte )

Voltar ao Topo