Petróleo

PPSA faz acordo sobre consórcio do campo de Sapinhoá

PPSA faz acordo sobre consórcio do campo de Sapinhoá

Resultante de um acordo realizado pela PPSA ( Pré-Sal Petróleo S.A) com o consórcio do campo de Sapinhoá localizado na Bacia de Santos, teve rendimento total de R$ 108 milhões. Os recursos do pré-sal do campo leiloado é administrado pela empresa PPSA desde 2013, sendo responsáveis por toda produção de petróleo da área excedente.

Após o crescimento nos custos de operação, o governo brasileiro decidiu compartilhar a exploração de poços do pré-sal. A descoberta de óleo no campo ultrapassava os limites da área leiloada, fazendo com que uma parcela, ou seja, os excedentes passassem para as mãos da União. A empresa representante da união do consórcio é a PPSA por conta da vinculação com o Ministério de Minas e Energia ( MME).

Ainda no ano passado, foi fechado o primeiro acordo sobre a compensação financeira da área excedente entre 2010 e 2017, gerando cerca de R$ 847 milhões para o Tesouro Nacional.

 

 

 

Acompanhe mais notícias no site O Petróleo.

Voltar ao Topo