Energia

Pianc Copedec recebe mais de 140 artigos

A IX Conferência Internacional de Engenharia Costeira e Portuária em Países em Desenvolvimento PIANC – COPEDEC 2016 recebeu 355 resumos, em oito áreas, dos quais 284 foram aprovados. Destes, 148 resultaram no envio do artigo final. A divisão dos artigos por áreas foi a seguinte*: Engenharia Portuária (26), Planejamento e Gestão Portuária (19), Navegação Interior (14), Engenharia Costeira (55), Gestão de Risco de Zonas Costeiras (11), Meio Ambiente Portuário e Costeiro e Mudanças Climáticas (22) e Logística Portuária e do Transporte Marítimo e Transporte Multimodal (1). Nos artigos apresentados, estão representados 36 países, dos cinco continentes. Os oito temas escolhidos para a conferência estão em consonância com a área de atuação da ANTAQ, principalmente com as competências da Superintendência de Desempenho, Desenvolvimento e Sustentabilidade e suas gerências.

Durante o evento, os artigos serão apresentados. A Associação Internacional de Empresas de Dragagem (International Association of Dredging Companies, IADC) oferecerá o Prêmio Jovem Autor para o melhor trabalho. O vencedor, que será conhecido na cerimônia de encerramento da conferência, receberá um troféu, mil euros e o seu trabalho será publicado na Terra et Aqua, a única revista técnica sobre dragagem. O secretário-geral da IADC, René Kolman, entregará o prêmio para o autor do melhor artigo apresentado no evento.

A conferência acontecerá no Rio de Janeiro, entre os dias 16 e 21 de outubro. O tema será “Aperfeiçoando o Transporte Aquaviário e o Desenvolvimento Costeiro – o Desafio de Alcançar Soluções Integradas”. Entre os principais palestrantes estão o diretor-geral da ANTAQ, Adalberto Tokarski; o diretor do Centro de Sedimentos Contaminados (CCS) e gerente do programa de Pesquisas Ambientais sobre Operações de Dragagens (Doer), Todd Bridges; e o presidente do Comitê de Seleção de Artigos da Copedec, Ron Cox.

Haverá cinco visitas técnicas. São elas: Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN) da Marinha do Brasil; LabOceano; Porto Novo; Porto do Sudeste e Sepetiba Tecon. Os objetivos da conferência são: proporcionar um fórum internacional onde engenheiros costeiros e portuários de países em desenvolvimento possam trocar conhecimento e experiência entre si e com seus colegas de países desenvolvidos; e possibilitar que os países em desenvolvimento tenham um conjunto de recursos humanos sustentáveis com profissionais qualificados para o desenvolvimento costeiro e portuário.

A PIANC COPEDEC espera atrair mais de 400 delegados de todo o mundo, incluindo profissionais da área de infraestrutura portuária e marítima, fornecedores de equipamentos e insumos para a área portuária, firmas de consultoria, empreiteiros do setor marítimo, companhias de dragagem, especialistas ambientais, pesquisadores e estudantes.
*Na área de Cabotagem e Navegação Costeira, foram aprovados quatro resumos, mas não resultaram no envio de artigos.

 

Fonte:Antaq

Voltar ao Topo