Notícias

PetroRio negocia com a Petrobras a compra de outro campo offshore

A brasileira PetroRio  está negociando com a estatal Petrobras  a compra do campo de Albacora, disseram executivos da empresa em um webcast de investidores na quinta-feira. 

A Petrobras colocou o ativo à venda junto com a Albacora Leste no final de 2020. Em 27 de abril, a empresa informou que havia fechado a venda da Albacora Leste para a PetroRio, mas não divulgou nenhuma informação sobre as negociações da Albacora.

O presidente da PetroRio, Roberto Monteiro, disse que o prospecto do Forno, que é o pré-sal de Albacora, é maior do que o esperado, o que exigiu uma revisão da proposta do ativo. 

“Há uma discussão de valor, preço, pagamentos diferidos, earn-outs, etc. Em termos de contrato, 99,9% está fechado”, disse Monteiro.  

Albacora Leste está na bacia de Campos, em lâmina d’água de 1.000m-2.150m, a 120km do Cabo de São Tomé, norte do estado do Rio de Janeiro.

Nos primeiros 18 meses, a PetroRio planeja investir cerca de US$ 150 milhões no FPSO P-50 e atingir opex próximo a US$ 90 milhões por ano. 

“O foco inicial é estabilizar a produção e reduzir os custos operacionais e, em seguida, expandir a produção por meio de redesenvolvimento”, disse Monteiro.  

No final de abril, a PetroRio iniciou a campanha de perfuração para revitalização do campo de Frade , que inclui um poço produtor e dois injetores. 

As obras estão sendo realizadas por meio  da sonda Norbe VI da Ocyan , que em 2023 perfurará três poços de produção e um de injeção no campo de Wahoo . 

“Esperamos começar a contratar equipamentos submarinos e construção de poços para a campanha Wahoo nos próximos meses”, disse o COO Francisco Fernandes. 

A PetroRio registrou lucro líquido de US$ 228 milhões no  primeiro trimestre , revertendo prejuízo de US$ 7,2 milhões no 1T21. 

O Ebitda entre janeiro e março foi de US$ 225 milhões, um aumento de 203% em relação ao ano anterior.

Voltar ao Topo