Offshore

Petronas seleciona plataforma da Maersk Drilling exploração offshore

A subsidiária da Petronas, PC Gabon Upstream (PCGUSA), concedeu um contrato à Maersk Drilling para fornecer plataforma de perfuração em águas profundas para um trabalho de perfuração de um poço na costa do Gabão.

O navio de perfuração Maersk Viking da Maersk Drilling será usado pela Petronas para perfurar um poço de exploração em águas ultra-profundas localizado a aproximadamente 2.100m de profundidade de água no Bloco F13 offshore Gabão.

O trabalho sob o contrato está previsto para começar no terceiro trimestre de 2021. O contrato, avaliado em aproximadamente US$ 24 milhões, também inclui taxas de mobilização e desmobilização.

O COO da Maersk Drilling, Morten Kelstrup, disse: “Estamos muito satisfeitos em expandir nossa relação internacional com a Petronas, com quem trabalhamos em poços de águas profundas no Extremo Oriente, nas Américas e agora na África Ocidental. Estamos ansiosos para realizar nossa primeira campanha no Gabão.”

O navio de perfuração ultra-profundo Maersk Viking está atualmente operando offshore Brunei Darussalam.

Após a conclusão do contrato com a PCGUSA, a plataforma deverá ser movida para iniciar os trabalhos sob o contrato de quatro poços assinado anteriormente com a Shell Malaysia.

Em fevereiro, a Korea National Oil Corporation (KNOC) concedeu um contrato de US$ 14,5 milhões à Maersk Drilling para a perfuração Maersk Viking para perfurar um poço de exploração no Bloco 6-1 na costa da República da Coreia.

O trabalho sob este contrato está previsto para começar em junho.

Em 2018, a PCGUSA fez a descoberta de petróleo e gás a partir de seu poço de exploração Boudji-1 no Bloco F14 (Likuale), localizado no Gabão do Sul.

Perfurada em profundidades de água de 2.800m, a exploração em águas ultra-profundas encontrou 90m de areias brutas de hidrocarbonetos de alta qualidade.

Voltar ao Topo