Petróleo

Petróleo: Rússia e Arábia Saudita entram em acordo para prorrogar cortes

petróleo

Rússia e Arábia chegaram a um princípio de acordo para prorrogar os atuais cortes na produção de petróleo por mais um mês, segundo reportagem da agência Reuters.

Confiante de que o mercado está estabilizado após o choque de demanda provocado pela pandemia de covid-19, a Arábia Saudita sinaliza que irá reduzir os cortes extras, voluntários, adotados pelo país desde abril, quando os membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo e seus aliados (Opep+) retiraram 9,7 milhões de barris diários do petróleo.

No entanto, as discussões para antecipar uma reunião da Opep+ para amanhã continuam complicadas, em parte devido às discussões sobre o não cumprimento das metas acertadas dentro do acordo firmado em abril.

Iraque e Nigéria, por exemplo, estão entre os países que não estão respeitando o decidido há dois meses por causa de uma série de problemas políticos e econômicos, agravados após o início da pandemia.

Os integrantes da Opep+ discutem agora se os países que não cumpriram as metas acertadas até o momento poderão compensá-las com cortes adicionais nos próximos meses. O acordo entre russos e sauditas pressiona os demais integrantes do grupo a respeitarem as cotas combinadas em abril.

Voltar ao Topo