Petróleo

Petróleo estatal do Brasil é enorme para cortar ativos

A petroleira nacionalizada Petrobras declarou nesta segunda-feira que a escolha de cortar ativos em 24 bilhões de dólares dos Estados Unidos por causa da mordida financeira motivada pela pandemia do Coronavirus.

O Plano Estratégico 2021-2025 da corporação prevê ativos de 40 bilhões a 50 bilhões de dólares, consideravelmente abaixo dos 64 bilhões de dólares sugeridos em seu Plano Estratégico 2020-2024.

O plano inovador também exige a negociação de mais ativos nas áreas de exame e fabricação de óleo.

Afirmou que “A revisão visa maximizar o valor dos negócios de exploração e produção, visando ativos de classe mundial em águas profundas e ultraprofundas”.

Voltar ao Topo