Offshore

Petrobras vende Papa-Terra e assina acordo de Itapu

petrobras

A Petrobras assinou um acordo para vender sua participação total no campo produtor de Papa-Terra na bacia de Campos offshore do Brasil para a 3R Petroleum Offshore.

O preço da transação de $ 105,6 milhões inclui $ 90 milhões de pagamentos contingentes relacionados aos níveis de produção e aos preços futuros do petróleo.

A Papa-Terra está na concessão BC-20, em lâmina d’água de 1.200 m (3.937 pés). As operações começaram em 2013: a produção recente foi em média de 17.900 boe / d por meio da plataforma da cabeça de poço da perna de tensão P-61 e do FPSO P-63 .

A 3R Offshore é controlada pela 3R Petroleum Óleo e Gás. Sua estratégia é revitalizar campos offshore maduros.

A Petrobras também anunciou que assinou o acordo de coparticipação de Itapu com a Pré-sal Petróleo.

Isso regulamentará o Contrato de Transferência de Direitos (TdR) e o contrato de partilha de produção (PSC) para o Excesso de Transferência de Direitos do campo de Itapu , no pré-sal da Bacia de Santos.

As negociações foram iniciadas após o processo licitatório em novembro de 2019, o que levou a Petrobras a adquirir 100% dos direitos de exploração e produção do volume excedente do ToR do campo de Itapu.

As duas empresas então definiram o plano de desenvolvimento do campo, as previsões de produção e as estimativas de volumes recuperáveis.

A indenização total devida ao ToR (100% Petrobras) sob o PSC é de cerca de US $ 1,274 bilhão, que será totalmente recuperado pela empresa como Cost Oil, como parte contratada no PSC.

O acordo ainda está sujeito à aprovação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Voltar ao Topo