Offshore

Petrobras vai adquirir participações da BP em seis blocos offshore no Brasil

A Petrobras concordou em adquirir as participações da BP Energy do Brasil (BP) em seis blocos localizados em águas ultraprofundas no norte do Brasil.

Pelo acordo, a BP transferirá todos os seus blocos de 30% de participação FZA-M-57, FZA-M-59, FZA-M-86, FZA-M-88, FZA-M-125 e FZA-M-127.

Os termos financeiros do negócio não foram divulgados.

Os blocos estão localizados a aproximadamente 120km do estado do Amapá, em uma fronteira exploratória de alto potencial na margem equatorial brasileira.

Os consórcios formados por Petrobras, Total e BP adquiriram FZA-M-57, FZA-M-86, FZA-M-88, FZA-M-125 e FZA-M-127 em 2013 na 11ª Rodada de Licitações de Blocos do Brasil Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A Petrobras fechou um acordo para comprar as participações de 40% da Total nesses contratos em setembro do ano passado, com a ANP para aprovar o negócio relacionado.

Um consórcio da Petrobras (30%) e BP (70%) é dono do bloco FZA-M-59.

Em nota, a Petrobras afirmou: “Esta transação está em linha com o Plano Estratégico 2021-2025, que prevê novas frentes exploratórias fora das bacias do Sudeste, e faz parte do processo de gestão de portfólio da empresa, priorizando investimentos em ativos de classe mundial em águas profundas e ultraprofundas, com o objetivo de maximizar o valor para nossos acionistas. ”

Voltar ao Topo