Economia

Petrobras recebe ordem judicial para a mudança do nome do atual campo de Lula

Nesta terça-feira (07), foi concluído o processo judicial que solicitava tornar nulo o ato que em 2010, alterou o nome do campo de petróleo Tupi para campo de Lula.

A Petrobras e a Agência Nacional do Petróleo e Gás Natural (ANP), serão notificadas da decisão judicial, pois a estatal não apresentou recurso para modificar a ação.

Como até o momento a estatal não apresentou nenhum recurso, o processo transitou em julgado, e terminou sem cabimento de recurso, a estatal petroleira e a ANP serão notificadas em um prazo de 5 dias a contar da promulgação da sentença.

 

Voltar ao Topo