Petróleo

Petrobras inicia fase não-vinculante de venda da fatia no Campo de Manati

Petrobras

A Petrobras iniciou nesta segunda-feira a fase não vinculante da venda de sua participação de 35% do Campo de Manati, concessão de produção marítima em águas rasas localizada na Bacia de Camamu, na Bahia.

A Petrobras é a operadora do campo, em parceria com a Enauta Participações (45%), Geopark Brasil E&P de Petróleo e Gás (10%) e BrasoilManati Exploração Petrolífera (10%).

O Campo de Manati está a 10 quilômetros da costa do município de Cairú (BA), em lâmina d’água entre 35 e 50 metros. O campo iniciou sua operação em 2007 e sua produção média em 2019 foi de 105 barris diários de condensado e 1,27 milhões de metros cúbicos diários de gás, através de uma plataforma fixa com estrutura submarina composta por 6 poços produtores de gás.

A Petrobras reiterou que a venda está “de acordo com as diretrizes para desinvestimentos” e alinhada à estratégia de otimização de portfólio e melhoria de alocação do capital da companhia, passando a concentrar cada vez mais os seus recursos em águas profundas e ultraprofundas, onde a Petrobras tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos.

 

Voltar ao Topo