Offshore

Petrobras contrata Tandem de Seadrill Rig para Trabalho em Campo de Búzios

petrobras

A empreiteira de perfuração offshore Seadrill Limited fechou contratos para duas de suas sondas com a petroleira brasileira Petrobras, que estão definidas para trabalhar no campo de Búzios offshore no Brasil.

Seadrill disse que as plataformas em questão eram West Carina e West Tellus. Ambos os contratos foram assinados por prazo fixo de três anos, com início previsto para setembro de 2022.

O valor total do contrato para os dois contratos é de aproximadamente US $ 549 milhões, incluindo a receita de mobilização e serviços adicionais.

“Estamos muito satisfeitos em continuar nossa longa associação com a Petrobras, com a conquista de dois contratos firmes de três anos para o West Carina e o West Tellus no campo de Búzios. O Brasil é um mercado estrategicamente importante para o setor offshore e estou satisfeito que a Seadrill continuará a desempenhar um papel cada vez mais significativo nos próximos anos ”, disse o CEO da Seadrill, Stuart Jackson.

“A Seadrill tem uma longa história e um histórico de sucesso de operação em ambientes benignos e hostis e em bacias estratégicas onde vemos potencial de crescimento contínuo, como o offshore do Brasil. Temos mais de uma década de história operacional no Brasil com a Petrobras e outras empresas independentes e isso solidifica ainda mais nossa posição como líder da indústria no mercado de águas profundas ”, afirmou Matt Lyne, vice-presidente executivo, diretor comercial e de estratégia.

“A Seadrill conseguiu estabelecer uma relação de trabalho próxima com a Petrobras e somos gratos por sua confiança contínua em nossa capacidade de entrega. Esta adição de dois contratos de três anos para as sondas West Tellus e West Carina é uma adição significativa ao nosso portfólio no Brasil ”, acrescentou.

No início deste mês, a Seadrill Limited revelou seus novos membros do conselho de administração enquanto se prepara para emergir da concordata, Capítulo 11.

Os novos membros do conselho são Julie Johnson Robertson, que também será o presidente do conselho, Mark McCollum – o presidente do comitê de auditoria, Karen Dyrskjot Boesen, Jean Cahuzac, Jan Kjaervik, Andrew Schultz e Paul Smith.

Voltar ao Topo