Petróleo

Petrobras faz ‘descobertas interessantes’ na bacia de Campos

Brasil empresa estatal de petróleo da Petróleo Brasileiro SA é fazendo ‘descobertas interessantes’ em blocos na bacia de Campos, no Rio de Janeiro costa, onde é a perfuração mais profunda para chegar ao pré camada de sal, disse o presidente executivo, Pedro Parente, na quarta-feira.

Parente, falando aos investidores em um seminário em São Paulo , não deu detalhes sobre possíveis volumes adicionais, dizendo que as descobertas ainda precisam ser melhor analisadas. As descobertas foram feitas em campos maduros operados há anos pela empresa. Apenas recentemente a Petrobras , como a empresa de petróleo é conhecida, decidiu perfurar mais profundamente nesses campos.

“Continuamos a perfurar nos mesmos locais onde já operamos em Campos e encontramos óleo na camada pré-sal”, disse Parente a jornalistas após sua apresentação. “É interessante porque essas descobertas ocorreram em campos com boas características geológicas.

“Precisamos agora completar dados iniciais de perfuração com estudos geológicos e geofísicos”.

Parente disse que a empresa se reunirá com funcionários do governo no início de fevereiro para discutir o contrato de transferência de direitos.

Através do contrato, assinado em 2010, a Petrobras comprou os direitos de extrair 5 bilhões de barris de oilequivalent dos campos que o governo transferiu para ele em um momento em que os preços do petróleo eram altos.

Esse contrato, que prevê uma renegociação do valor dos direitos, está sendo reavaliado e espera-se que a Petrobras seja credor. Parente disse que uma possível solução incluiria direitos de exploração sobre volumes adicionais de óleo presentes nas áreas.

“O fato é que há muito petróleo adicional, tanto quanto a mesma quantidade que compramos, ou outros 5 bilhões de barris”, disse Parente a jornalistas.

Ele disse que está certo de que a Petrobras e o governo “chegarão a um acordo positivo para ambos”.

Os negociadores esperam chegar a um acordo no primeiro semestre do ano.

(Reportagem de Marcelo Teixeira, edição de Bill Trott)

Gerados pelos leitores, os comentários aqui incluídos não refletem as opiniões e opiniões da Rigzone. Todos os comentários estão sujeitos a revisão editorial. Os comentários fora do tópico, inapropriados ou insultantes serão removidos.

Voltar ao Topo